Será que vai? Membros do Pink Floyd voltam a falar sobre uma reunião

Nick Mason e Roger Waters falaram sobre a possibilidade de show no festival de Glastonbury

David Gilmour, Nick Mason e Roger Waters, do Pink Floyd

Parece que uma reunião dos membros remanescentes do Pink Floyd não está completamente descartada.

Volta e meia o assunto é discutido e, segundo a NME, hoje Roger Waters e Nick Mason estiveram no museu V&A em Londres para uma coletiva de imprensa sobre uma exposição da banda, a ser inaugurada em Maio, e voltaram a falar da possibilidade.

Ao ser questionado a respeito, Waters teria dito para Mason que “da última vez que ouviu falar, David Gilmour havia se aposentado. Mas você o conhece melhor que eu.”

Mason então respondeu:

Eu ouvi dizer que ele se aposentou aí parece que ele se ‘desaposentou’, então nós não sabemos.

Ele completou afirmando que um retorno para o festival de Glastonbury, que acontece em Junho, não parece provável, mas que “o faria com certeza se a oportunidade fosse criada”.

Waters, que tocou no Glastonbury em 2002, se lembrou da experiência:

Estava muito frio. Havia muita gente e tudo parecia muito divertido, eu gostei.

“Reunião”

Vale lembrar que há pouco tempo os três membros remanescentes do Pink Floyd, David Gilmour, Nick Mason e Roger Waters, “se reuniram” após muito tempo para publicar uma declaração em conjunto criticando a prisão de ativistas que estavam se dirigindo a Gaza.

O último disco da banda é The Endless River, de 2014, lançado sem participação de Roger Waters.

Enquanto isso, Roger Waters anunciou, hoje mesmo através de um teaser em vídeoo seu primeiro disco solo de rock em um quarto de século.

 
Compartilhar