Após vitórias no Grammy, vendas de Adele e Beyoncé aumentam em até 1000%

Os Grammys foram muito lucrativos para artistas que apresentaram seus singles

Embora tenha muitos críticos, não dá pra dizer que comercialmente os prêmios Grammy não são um sucesso. Com uma audiência de 26 milhões de pessoas só nos Estados Unidos, a cerimônia é muito importante para artistas que desejam ganhar reconhecimento ou aumentar o seu alcance de público.

E para muitos, os Grammys realmente são uma plataforma bem útil para impulsionar vendas. É só perguntar para as cantoras Adele e Beyoncé: após o fim do evento, as vendas de singles das cantoras subiu em mais de 200% cada.

Para ser mais preciso, “Hello”, de Adele, recebeu um aumento de 255% em suas vendas (cerca de 6000 cópias digitais vendidas no domingo), enquanto “Fastlove”, de George Michael — que também foi interpretada por Adele na cerimônia — subiu 5367% (!), vendendo 2000 cópias.

Enquanto isso, Beyoncé fez uma bela apresentação de duas canções do seu álbum Lemonade: “Love Drought” e “Sandcastles”, que receberam um aumento de vendas em aproximadamente 1000% — cerca de 2000 cópias digitais vendidas cada, apenas no domingo.

As duas cantoras acabaram ganhando diversos prêmios durante a noite. Adele levou álbum do ano, gravação do ano e canção do ano, enquanto Beyoncé ganhou nas categorias de melhor álbum urbano contemporâneo e melhor clipe.

LEIA TAMBÉM: A curiosa história do vestido de Beyoncé no Grammy

FonteBillboard
Compartilhar

Comentários