The Smashing Pumpkins
 

Desde o ano passado, Billy Corgan vem dando indícios de que queria reunir a formação original do Smashing Pumpkins para gravar discos novos.

Em março de 2016, inclusive, ele se apresentou com o guitarrista James Iha e o baterista Jimmy Chamberlin em alguns pequenos shows. Foi a primeira vez em 16 anos que eles se encontraram no palco.

Agora, tudo isso parece estar ganhando corpo. Principalmente porque um mega produtor entrou na jogada: Butch Vig, o cara do grunge e primeiro parceiro dos Pumpkins, lá em 1991, no álbum Gish.

Ele disse, em entrevista ao canal do YouTube Pensado’s Place, que tem estado em contato com Billy Corgan, e que os outros membros originais também estão aparecendo:

Eu e Billy já conversamos, muito sem compromisso, de gravar algumas músicas juntos. Eu não sei se poderia fazer um disco com ele, porque a gente provavelmente se mataria. Ele pode ter se tornado um pai, mas ainda é uma pessoa bastante intensa.

Eu também me encontro muitas vezes com o James Iha, porque o filho dele está na mesma escola da minha filha. A gente se cruza pelo bairro. Ele é uma pessoa incrível, e eu sei que tem trabalhado com o Billy de novo. Então… é possível.

Fiquei sabendo que o Jimmy Chamberlin está tocando com eles também. E se isso está acontecendo, a sonoridade do Smashing Pumpkins está toda ali. Vamos cruzar os dedos. Talvez a gente entre em estúdio em algum ponto, no futuro.

A formação clássica

Pra completar o time original do Smashing Pumpkins, só ficaria faltando a baixista D’arcy Wretzky.

Em abril do ano passado, ela soltou uma declaração dizendo que está cogitando voltar a trabalhar com seus antigos parceiros. Na nota, a baixista diz ainda que tem escrito músicas próprias, mas que sente falta da química com os ex-colegas de banda.

Volta sim, D’arcy!