Kanye West volta atrás e apaga mensagens de apoio a Donald Trump

Todos os tweets relacionados ao presidente foram excluídos

Kanye West
 

Quando o novo presidente dos Estados Unidos foi eleito, o rapper Kanye West usou a sua conta no Twitter para dizer que gostaria de “discutir algumas questões” com Donald Trump.

Em um show, ele disse que não votou em ninguém nas eleições, mas que se tivesse votado teria sido em Trump, e ainda falou que os negros tinham que “deixar pra lá” a questão do racismo e se importar com outras coisas.

Kanye foi além, e chegou inclusive a se encontrar com o presidente, que disse para a imprensa que os dois são “velhos amigos”.

Pois bem, de acordo com o site TMZ, Kanye West voltou atrás e apagou todos os tweets da sua conta oficial onde faz menção a Trump.

A decisão teria partido do próprio rapper, que não estaria satisfeito com as duas primeiras semanas do governo Trump, principalmente com as questões de imigração, mas há pessoas dizendo que a influência veio de sua esposa, Kim Kardashian, que inclusive apoiou Hillary Clinton na corrida presidencial.

Kanye West

Os últimos meses têm sido bastante complicados para Kanye West.

Após interromper seus shows para fazer longos discursos, como o citado acima, ele cancelou o resto da turnê e foi internado em uma clínica, pois estaria cansado e sofrendo pressão com as apresentações.

Vale lembrar que, após a reunião com Trump, ele havia dito que se candidataria à presidência dos EUA em 2024, após a ideia inicial de se candidatar em 2020.

  
Compartilhar

Comentários