25 grandes discos nacionais de 2016
 

Você se lembra de quando soltamos a nossa lista com os 50 melhores discos nacionais de 2016 e avisamos que a música brasileira produziu muita coisa boa esse ano?

Pois bem, não estávamos mentindo e poderíamos fazer listas com 100, 150, 200 álbuns e ainda teríamos nomes de qualidade.

Obviamente não iremos sair listando tudo por aqui, até porque fazemos isso durante o ano em nossos posts de música nacional, mas encerramos o período de listas com mais 25 grandes álbuns que foram considerados por aqui e acabaram ficando de fora da oficial no final do ano.

Os títulos não estão em uma ordem específica. Divirta-se!

 

Jonathan Tadeu – Queda Livre

Jonathan Tadeu - Queda Livre

 

Wado – Ivete

Wado - Ivete

 

Tom Zé – Canções Eróticas de Ninar

Tom Zé - Canções Eróticas de Ninar

 

The Outs – Percipere

 

Terno Rei – Essa Noite Bateu Com Um Sonho

Terno Rei - Essa Noite Bateu Com Um Sonho

 

Vaga Luz – Qualquer Palavra Pra Curar

Vaga Luz - Qualquer Palavra Pra Curar

 

Marcelo Perdido – Bicho

Marcelo Perdido - Bicho

 

Luiz Lopez – Visceral

Luiz Lopez lança Visceral, seu segundo disco - ouça!

 

Marina Melo – Soft Apocalipse

 

Zeromou – Zeromou

Zeromou - Zeromou

 

El Toro Fuerte – Um Tempo Lindo pra Estar Vivo

 

Quarup – Quarup

Quarup - Quarup

 

Ana Sucha – Inês

Ana Sucha lança disco de estreia cheio força e estilo

 

Overdrive Saravá – Overdrive Saravá

Overdrive Saravá

 

Cátia de França – Hóspede da Natureza

Cátia de França - Hóspede da Natureza

 

Ceano – Índice

Ceano - Índice

 

Barulhista – Desfiado

Barulhista - Desfiado

 

Nuven – Partir

Nuven - Partir

 

Bruna Mendez – O Mesmo Mar que Nega a Terra Cede à sua Calma

Bruna Mendez - O Mesmo Mar...

 

Tássia Reis – Outra Esfera

Tássia Reis - Outra Esfera

 

Nvblado – Água Rosa

Nvblado

 

Raça – Saboroso

Raça - Saboroso

 

Matheus Brant – Assume Que Gosta

Matheus Brant - Assume Que Gosta

 

Ed Motta – Perpetual Gateways

Ed Motta - Perpetual Gateways

 

Rael – Coisas do meu Imaginário