Donald Trump em 2016
 

Foto de Donald Trump via Shutterstock

Donald Trump está tendo dificuldades para conseguir artistas que se apresentem na sua cerimônia de posse.

Muito se falou a respeito de nomes cogitados para a festa de 2017, mas aparentemente ninguém está aceitando o convite e agora sites como The Wrap e Consequence Of Sound estão dizendo que integrantes da equipe de Donald Trump estariam recorrendo a táticas nada convencionais para conseguir algo grandioso.

Segundo essas fontes, os representantes fizeram ofertas de dinheiro aos empresários e até mesmo posições como “embaixadores” para esses profissionais dentro do novo governo dos Estados Unidos, desde que eles conseguissem nomes de peso para a estreia de Donald Trump à frente do país.

Uma das fontes teria dito que ficou “chocada” com a proposta e que “nunca em um milhão de anos eu ouvi algo tão maluco. Nesse momento eu quase soltei o telefone no chão.”

Já a equipe de Trump nega os rumores e diz que tudo vai muito bem:

Não há nenhuma verdade nessa insinuação. Artistas de primeira classe estão morrendo de vontade de participar dos eventos de posse. A festa de posse como um todo será uma celebração empolgante da liberdade e democracia. Iremos liberar detalhes a respeito quando for apropriado.

Fato é que, até agora, confirmada mesmo para a cerimônia de posse está apenas Jackie Evancho, participante que deixou o reality show America’s Got Talent em 2010.

O cantor italiano Andrea Bocelli também pode aparecer na festa para um dueto com Jackie.

Kanye West

Essa semana Donald Trump se encontrou com o rapper Kanye West, e inclusive foi ventilada uma informação de que, justamente, ele teria um papel de “embaixador” no governo.

Não se falou nada a respeito de um possível show do cara na posse do controverso presidente.

   
 
Compartilhar