Por causa de conta maluca, Mozart tem o CD mais vendido de 2016

Caixa do músico morto há 225 anos foi responsável por mais de 1 milhão de "vendas"

Mozart
 

Por essa você não esperava.

Já pode ir se preparando para pegar os amigos durante as próximas conversas de bar porque, definitivamente, quando você perguntar qual CD foi o mais vendido de 2016 eles irão falar nomes como Drake, Beyoncé, Adele, Twenty One Pilots e vão errar feio.

O CD mais vendido do ano é de um cara que não excursiona por um simples motivo: está morto há 225 anos.

Mozart 225: The New Complete Edition é uma coletânea do mestre da música clássica Wolfgang Amadeus Mozart que conta com 200 CDs (!) e foi lançada em 2016 com todos os trabalhos do cara, 600 solistas do mundo todo e 60 orquestras em um total de 240 horas de música.

O número vendido foi de 1.25 milhões de cópias e você logo deve imaginar que essa marca, mesmo nos tempos áureos do CD, seria algo bastante significativo, mas há uma explicação.

De acordo com o site Stereogum, a Billboard conta cada venda de CD duplo como duas vendas diferentes, o que significa que no caso de 200 CDs são 200 vendas e para chegar a 1.25 milhões de cópias, foram necessários apenas 6.250 compradores da caixa. ¯\_(ツ)_/¯

 

Compartilhar

Comentários