Discos de Vinil
 

Definitivamente, o vinil voltou pra ficar e os downloads digitais começam a ser coisa do passado.

Pela primeira vez desde que a transferência de arquivos começou a se popularizar de forma paga através de plataformas como o iTunes, os bolachões se deram melhor que o formato em números colhidos no Reino Unido.

De acordo com o Team Rock, isso aconteceu na semana entre 28 de Novembro e 04 de Dezembro, quando 2.4 milhões de libras foram gastos em discos de vinil contra 2.1 milhões em downloads.

Em 2015, no mesmo período, 1.2 milhões de libras foram gastos com álbuns físicos contra 4.4 milhões no formato digital.

Cada vez mais, a dobradinha formada por disco de vinil e streaming se consolida como os meios favoritos do amante de música para ouvir seus sons de forma prática e ao mesmo tempo ter uma versão física que chame a atenção com sua capa, encarte, diversas cores e mais.

LEIA: Os 20 discos de vinil mais caros do planeta

   
 
Compartilhar