Martin Shkreli toca disco raro e inédito do Wu-Tang Clan
 

Ano passado, o Wu-Tang Clan fez uma jogada inusitada ao gravar um álbum com inéditas, chamado Once Upon a Time in Shaolin, e leiloar a única cópia por 2 milhões de dólares.

O que ninguém previu era que o comprador do disco seria ninguém menos que o maior “vilão de filme” americano dos últimos tempos: Martin Shkreli.

Caso você não saiba, Martin é um bilionário dono de uma grande empresa farmacêutica que recebeu uma infame atenção ao comprar os direitos para produzir remédio para tratamento de AIDS e em seguida aumentar o preço do produto em mais de 5000%, fazendo cada pílula passar de 13 para 750 dólares.

Shkreli foi um grande apoiador da candidatura de Donald Trump à presidência dos Estados Unidos e chegou até a prometer que, caso Trump fosse eleito, ele iria compartilhar arquivos raros do seu acervo musical, incluindo inéditas dos Beatles, Nirvana, The Smiths, Jimi Hendrix, 2Pac, Ramones, Elliott Smith e Brand New.

Pois bem, enquanto Trump inesperadamente estava prestes a se eleger, Martin fez uma transmissão tocando trechos do raríssimo álbum do Wu-Tang. Após a confirmação da presidência, Shkreli disse que irá conversar com os membros do Wu-Tang para lançar o disco em uma “escala maior”.

Agora só resta esperar. Enquanto isso, veja o tweet do vilão e ouça trechos das faixas logo abaixo.