Sex Pistols
 

A curta porém histórica carreira do Sex Pistols foi documentada em livro.

God Save Sex Pistols foi lançado no dia 11 de Outubro – com duas edições deluxe saindo no dia 21 do mesmo mês.

Editado pelo autor Jon Savage, o arquivista da banda Glenn Terry e Johan Kugelberg, o livro é um registro visual definitivo da banda. Traz a arte da banda, fanzines, ingressos de shows, fotos até então desconhecidas do público e até cartas escritas à mão por Malcolm McLaren.

Na edição deluxe mais simples, com 320 páginas, há uma capa emborrachada feita por Zevs, um artista de rua francês, uma compilação de recortes de jornais com notícias e uma impressão em silkscreen do evento The Screen on the Green – casa de shows inglesa que recebeu um show da banda em 1976, e é um dos raros registros em vídeo do baixista Glen Matlock (substituído mais tarde por Sid Vicious).

Já a versão mais rebuscada, com 500 páginas, vem com impressões em silkscreen do Nervermind the Bollocks Here’s the Sex Pistols, feitas pelo artista Jamie Reid e outros materiais feitos pelos artistas envolvidos.

God Save Sex Pistols