Bob Dylan em Londres, em 1966
 

Parece absurdo, e é mesmo. Em 11 de Novembro será lançado um box chamado The 1966 Live Recordings. Trata-se de 36 discos com performances ao vivo, completas, de Bob Dylan pelos Estados Unidos e pela Europa naquele ano.

Isso mesmo, 36 fucking discos.

No total, são 23 shows, alguns divididos em duas partes. O mais curioso é que nem todos foram gravados de forma profissional. A maioria foi registrado pelas mesas de som das casas de show. Alguns foram inteiramente gravados pela plateia!

O presidente da Legacy Recordings, Adam Block, explicou em uma nota oficial de onde surgiu a ideia do projeto:

Enquanto fazia pesquisa de material para The Cutting Edge 1965-1966: The Bootleg Series Vol. 12, o box lançado no ano passado, a gente sempre ficava impressionado com a qualidade das gravações de 1966. A intensidade da performance de Bob naquela época ajudam a compreender a revolução musical que ele iniciou 50 anos atrás.

Bob Dylan ainda não se manifestou a respeito. O último trabalho lançado pelo músico foi Fallen Angels, este ano. Ah, e nos dois próximos finais de semana ele vai se apresentar no magnífico festival Desert Trip.

Confira abaixo a descrição completa dos 36 discos.

 

The 1966 Live Recordings, de Bob Dylan

Box: The 1966 Live Recordings

Disco 1 – em Sydney, 13 de Abril (mesa de som gravada pela TCN 9 TV Australia)
Disco 2 – em Sydney, 13 de Abril (mesa de som gravada pela TCN 9 TV Australia)
Disco 3 – em Melbourne, 20 de Abril (mesa de som / transmissão desconhecida)
Disco 4 – em Copenhagen, 1º de Maio (mesa de som)
Disco 5 – em Dublin, 5 de Maio (mesa de som)
Disco 6 – em Dublin, 5 de Maio (mesa de som)
Disco 7 – em Belfast, 6 de Maio (mesa de som)
Disco 8 – em Belfast, 6 de Maio (mesa de som)
Disco 9 – em Bristol, 10 de Maio (mesa de som / gravação da plateia)
Disco 10 – em Bristol, 10 de Maio (mesa de som)
Disco 11 – em Cardiff, 11 de Maio (mesa de som)
Disco 12 – em Birmingham, 12 de Maio (mesa de som)
Disco 13 – em Birmingham, 12 de Maio (mesa de som)
Disco 14 – em Liverpool, 14 de Maio (mesa de som)
Disco 15 – em Leicester, 15 de Maio (mesa de som)
Disco 16 – em Leicester, 15 de Maio (mesa de som)
Disco 17 – em Sheffield, 16 de Maio (gravação da CBS Records)
Disco 18 – em Sheffield, 16 de Maio (mesa de som)
Disco 19 – em Manchester, 17 de Maio (gravação da CBS Records)
Disco 20 – em Manchester, 17 de Maio (gravação da CBS Records exceto a passagem de som / mesa de som)
Disco 21 – em Glasgow, 19 de Maio (mesa de som)
Disco 22 – em Edinburgo, 20 de Maio (mesa de som)
Disco 23 – em Edinburgo, 20 de Maio (mesa de som)
Disco 24 – em Newcastle, 21 de Maio (mesa de som)
Disco 25 – em Newcastle, 21 de Maio (mesa de som)
Disco 26 – em Paris, 24 de Maio (mesa de som)
Disco 27 – em Paris, 24 de Maio (mesa de som)
Disco 28 – em Londres, 26 de Maio (gravação da CBS Records)
Disco 29 – em Londres, 26 de Maio (gravação da CBS Records)
Disco 30 – em Londres, 27 de Maio (gravação da CBS Records)
Disco 31 – em Londres, 27 de Maio (gravação da CBS Records)
Disco 32 – em White Plains, NY, 5 de Fevereiro (gravação da plateia)
Disco 33 – em Pittsburgh, PA, 6 de Fevereiro (gravação da plateia)
Disco 34 – em Hempstead, NY, 26 de Fevereiro (gravação da plateia)
Disco 35 – em Melbourne, 19 de Abril (gravação da plateia)
Disco 36 – em Estocolmo, 29 de Abril (gravação da plateia)