Ceano - Índice
 

Sempre ritmo de transformação, a Ceano acaba de lançar seu segundo álbum.

Intitulado Índice, o disco fala sobre a vida comum e medíocre que a modernidade nos oferece disfarçada de felicidade, e a necessidade de liberdade e de explorar o desconhecido, no formato de um “Índice” cujos capítulos, através de uma viagem, podem ser desbravados e revisitados em seu próprio ritmo.

As melodias da banda de Campinas vão do simples ao complexo de acordo com o estado de espírito dos integrantes, assim como o movimento das ondas do mar que inspiraram o nome da banda.

O vocalista, André Vinco, sempre foi apaixonado pelas águas salgadas e suas cores, em especial aquele azul mais clarinho, ciano. Da alusão entre oceano e a cor ciano sabemos o que deu. Além de André Vinco, na guitarra e voz, a Ceano conta com Leonardo Rodrigues no baixo, Otávio Oliveira na guitarra e Arthur Balista na bateria.

O primeiro disco, gravado em casa, sem qualquer pretensão ou cuidado excessivo, é bem diferente do segundo trabalho – Índice – que revela mudanças nos elementos e influências de composição.

“Resolvi dar mais ênfase do que nunca nas letras e nos arranjos de guitarra do disco, progressões de acorde e melodias, já que não tínhamos mais o trompete. Com certeza amadurecemos nesse processo e o que se ouve dessa vez é um disco muito mais coeso e trabalhado”, comenta o vocalista.

Índice foi gravado entre fevereiro e maio deste ano no Cavalo Estúdio, em São Paulo, sob a batuta de Nicolas Csiky (Alaska), que também produziu o disco junto com sua própria banda.