Prophets Of Rage toca em prisão
 

O supergrupo Prophets Of Rage estava destinado a fazer uma apresentação para detentos de uma prisão na Califórnia, mas as coisas não saíram como planejado.

A banda formada por membros de Rage Against The Machine, Cypress Hill e Public Enemy queria se apresentar dentro do local para os 800 presos e havia conseguido permissão, mas de última hora os responsáveis pelo estabelecimento mudaram de ideia.

Como é de costume com os caras, eles não se intimidaram com a proibição e seguiram em frente com um show na rua.

Tom Morello, guitarrista da banda, disse que tudo estava certo e que algum “louco de direita” ligou para a prisão e disse que eles “causariam tumulto, o que não é o caso.”

Ele ainda completou dizendo que a banda resolveu tocar na rua pois “arame farpado não bloqueia a música.”

Jail Guitar Doors

Tanto não tinha intenção de causar tumulto que o show da banda fazia parte de uma parceria com o projeto Jail Guitar Doors.

Ao lado da lenda Wayne Kramer (MC5), o Prophets Of Rage tinha como objetivo levar música aos detentos e também entregar instrumentos musicais para eles, como o Jail Guitar Doors tem feito desde que foi idealizado por Billy Bragg.

Você pode ver uma matéria com trecho do show do Prophets Of Rage logo abaixo.