Prophets Of Rage
 

O Prophets Of Rage vem lotando casas de shows nos Estados Unidos e fazendo muito barulho na mídia e entre os fãs. Para celebrar esse sucesso, o grupo liberou recentemente o vídeo oficial para a performance de “Killing In The Name”, música do Rage Against The Machine, gravada ao vivo no show dos caras em Los Angeles.

Para quem ainda não tá sabendo, a banda não tem esse nome à toa: o supergrupo é formado por todos os membros do RATM que não se chamam Zack de la Rocha, além de Chuck D (Public Enemy) e B-Real (Cypress Hill). Os caras entraram em estúdio no último mês para gravar a inédita “The Party’s Over”, que critica a política atual americana e já vem sendo tocada nos shows. Além dessa música, eles também mandam a ver em covers (se é que pode se chamar assim) do Rage Against e das bandas dos outros dois integrantes, como o hit do vídeo divulgado.

O guitarrista Tom Morello deu mais detalhes sobre futuras músicas inéditas da banda, e também causou certa polêmica ao comparar o pré-candidato à presidência dos EUA Donald Trump a um estuprador. O político é um dos principais alvos da ira do Prophets Of Rage.