Lançamentos de discos de Junho de 2016

2016 não para de produzir música boa e chegamos à metade do ano com mais um monte de discos nacionais e internacionais interessantes para vocês.

Desde o retorno do gigante Red Hot Chili Peppers até boas novidades de nomes como Gojira, Diarrhea Planet, Band Of Horses e Rival Sons, tem um pouco de tudo para você passar um bom tempo descobrindo novos sons.

Divirta-se!

 

1Red Hot Chili Peppers – The Getaway

O disco mais aguardado do mês vem na forma de The Getaway, do Red Hot Chili Peppers.

Primeiro trabalho dos caras com o produtor Danger Mouse no lugar de Rick Rubin, o álbum mostra claramente a sua influência, bem como de outros eventos que adicionaram elementos ao caldo.

Entre eles estão o fim de um relacionamento do vocalista Anthony Kiedis e uma queda do baixista Flea enquanto praticava ski na neve: seu braço foi quebrado em 5 lugares.

Data de lançamento: 17 de Junho
Gravadora: Warner Music

 

2Band Of Horses – Why Are You Ok

A banda que mistura rock alternativo, folk e música tradicional como ninguém passou o maior tempo de sua carreira entre dois discos para lançar, agora Why Are You OK.

O álbum é o quinto do grupo e primeiro desde Mirage Rock (2012), contando com inspirações pessoais da família do vocalista Ben Bridwell.

Data de lançamento: 10 de Junho
Gravadora: Interscope

 

3Gojira – Magma

O Gojira se consolidou como uma das maiores bandas de rock pesado do planeta com seu último álbum, L’Enfant Sauvage, de 2012.

De lá pra cá os franceses excursionaram pelo mundo, vieram ao Brasil para o Rock In Rio e conquistaram uma grande legião de fãs.

Magma é resultado de um período da banda em Nova York, onde tudo foi gravado, e a influência de acontecimentos como a morte da mãe dos irmãos Joe e Mario Duplantier.

Data de lançamento: 17 de Junho
Gravadora: Warner Music

 

4Diarrhea Planet – Turn To Gold

Diarrhea Planet é uma banda com um nome terrível, mas um grande novo disco de estúdio.

Turn To Gold é o terceiro álbum da carreira da banda de Nashville e o sexteto (!) sabe muito bem utilizar a água mágica que brota das fontes da cidade para a música ao misturar rock and roll clássico com punk e indie.

O resultado é uma sonoridade bastante própria que lembra pilares do rock alternativo como The Replacements, Rolling Stones e Bruce Springsteen.

Data de lançamento: 10 de Junho
Gravadora: Dine Alone

 

5Volbeat – Seal The Deal & Let’s Boogie

A banda dinamarquesa de rock and roll Volbeat está lançando o seu sexto disco de estúdio na forma de Seal The Deal & Let’s Boogie.

É o primeiro álbum sem o baixista Anders Kjolholm e quem está na banda, além do vocalista e principal compositor Michael Poulsen é Rob Caggiano, ex-Anthrax.

Data de lançamento: 03 de Junho
Gravadora: Universal Music

 

6The Strokes – Future Present Past

Não é exatamente um disco, mas o novo EP do The Strokes traz três músicas inéditas pela primeira vez desde 2013 e é também o primeiro lançamento da banda pela Cult Records, gravadora de Julian Casablancas.

Apesar dos elementos promissores, as canções não têm agradado.

Data de lançamento: 03 de Junho
Gravadora: Cult

 

7Garbage – Strange Little Birds

Quatro anos após seu último disco o Garbage está de volta com Strange Little Birds, sexto disco da carreira.

Segundo a vocalista Shirley Manson, o álbum tem mais a ver com os primeiros discos da carreira do grupo do que os mais recentes e vale sempre lembrar que o baterista é Butch Vig, conhecido como mega produtor de bandas como Nirvana, Foo Fighters e The Smashing Pumpkins.

Data de lançamento: 10 de Junho
Gravadora: Stunvolume

 

8The Kills – Ash & Ice

Ash & Ice é o quinto disco de estúdio da dupla The Kills, formada por Jamie Hince e Alison Mosshart, e mostra bem a sonoridade característica da banda.

São riffs de guitarra, grandes vocais e uma pitada de elementos da música eletrônica.

Data de lançamento: 03 de Junho
Gravadora: Domino

 

9Rival Sons – Hollow Bones

Há poucas bandas tão prolíficas no mundo quanto o Rival Sons, que surgiu em 2009 e de lá pra cá já lançou cinco discos.

O quinto é justamente Hollow Bones, que saiu no dia 10 de Junho e foi produzido por Dave Cobb, produtor conhecido em Nashville que deu um toque especialíssimo ao blues/rock do quarteto.

Data de lançamento: 10 de Junho
Gravadora: Earache

 

10Jake Bugg – On My One

Outro que também trabalha bastante é o jovem cantor Jake Bugg, que tem apenas 22 anos de idade e já chega ao seu terceiro álbum.

Após o último disco em parceria com o produtor Rick Rubin, o britânico resolveu produzir sua nova empreitada por conta própria ao lado do irlandês Jacknife Lee (U2, R.E.M., Bloc Party, The Hives, Weezer, Taylor Swift).

Data de lançamento: 17 de Junho
Gravadora: Universal

 

11Melvins – Basses Loaded

A lendária banda Melvins lançou, no começo desse mês, o álbum Basses Loaded.

Em Basses Loaded, a banda resolveu fazer algo um pouco diferente — todos os membros que já estiveram na formação da banda nos últimos 10 anos participaram da produção desse álbum, com uma atenção especial para todos os baixistas. Inclusive, o trabalho conta com contribuições de Krist Novoselic, que tocou baixo e acordeon em uma das faixas.

A faixa logo abaixo mostra todo o alcance da banda. “Planet Destructo” começa em um stoner rock padrão até pouco a pouco mesclar outros estilos e acaba se transformando em uma música de jazz!

Data de lançamento: 3 de Junho
Gravadora: Ipecac Recordings

12Whitney – Light Upon The Lake

Esses são uma das grandes revelações desse mês. Surgindo do fim do grupo Smith Westerns, a dupla Whitney faz um indie puxado para o soul e o alt-country, mas mantendo um alto nível de autenticidade e belos arranjos musicais.

Vale muito a pena conferir!

Data de lançamento: 3 de Junho
Gravadora: Secretly Canadian

13The Claypool Lennon Delirium – Monolith of Phobos

A curiosa parceria de Les Claypool e Sean Lennon deu resultado ao disco Monolith of Phobos, lançado no último dia 3. O disco transita entre o Rock experimental e psicodélico, apresentando um instrumental bem interessante e muito focado em fortes linhas de baixo de Claypool.

Data de lançamento: 3 de Junho
Gravadora: ATO Records

14Paul Simon – Stranger To Stranger

O icônico cantor Paul Simon está de volta com o disco Stranger To Stranger. Para os fãs de folk rock, esse álbum é uma ótima pedida. Você pode ouvir o primeiro single do trabalho logo abaixo.

Data de lançamento: 3 de Junho
Gravadora: Concord

15Tegan and Sara – Love You To Death

A dupla Tegan and Sara resolveu mergulhar de vez no synthpop com seu novo disco Love You To Death. Com vários hits e ótimas composições, esse álbum com certeza é um dos destaques do pop desse mês.

Data de lançamento: 3 de Junho
Gravadora: Vapor, Warner Bros.

16Peter Bjorn and John – Breakin’ Point

O grupo Peter Bjorn and John lançou esse mês o disco Breakin’ Point.

Com a ajuda de grandes produtores como Paul Epworth, Greg Kurstin e Emile Haynie, o grupo acabou mudando bastante seu som e fazendo um disco totalmente pop.

Data de lançamento: 10 de Junho
Gravadora: Ingrid

 

17Sumac – What One Becomes

SUMAC é um grupo de post-metal que nasceu a partir de integrantes de bandas consagradas como Baptists e ISIS.

What One Becomes é o segundo disco do grupo e foi produzido por Kurt Ballou, do influente Converge.

Data de lançamento: 10 de Junho
Gravadora: Thrill Jockey

 

18Beartooth – Aggressive

Continuamos com o peso das guitarras e o novo disco da banda Beartooth.

Em Aggressive, o vocalista e líder do projeto, Caleb Shomo, teve papel fundamental e gravou todos os instrumentos do álbum.

Data de lançamento: 03 de Junho
Gravadora: Red Bull Records

 

19letlive. – If I’m The Devil…

A banda de post-hardcore letlive. chega ao seu quarto disco de estúdio em If I’m The Devil… e o primeiro álbum sem o guitarrista e percussionista Jean Nascimento.

Em mais um trabalho pela Epitaph, a banda volta com uma carga política bem forte.

Data de lançamento: 10 de Junho
Gravadora: Epitaph

20Nails – You Will Never Be One Of Us

Nails é uma banda de powerviolence/grindcore que aposta em berros, peso e muita, muita sujeira em seu som.

No terceiro disco da carreira, You Will Never Be One Of Us, a banda mostra 10 faixas no disco mais comprido da carreira, com menos de 22 minutos de duração. E olha que a última canção, “They Come Crawling Back”, tem 8 minutos e 14 segundos.

O disco tem sido extremamente elogiado pela crítica e no Metacritic, que reúne resenhas de diferentes fontes, tem uma impressionante nota 96/100.

Data de lançamento: 17 de Junho
Gravadora: Nuclear Blast

 

21Whitechapel – Mark Of The Blade

Encerrando esse pequeno bloco de música pesada temos o Whitechapel.

A banda de deathcore chega ao sexto disco de estúdio e o quinto pela influente gravadora Metal Blade.

Data de lançamento: 24 de Junho
Gravadora: Metal Blade

 

22Neil Young – Earth

Earth é um novo disco de Neil Young e o Promise Of The Real que tem versões ao vivo de músicas da sua carreira que falam sobre a natureza e alimentos transgênicos.

Com uma cara esquisita, o disco tem vários sons da natureza, efeitos para simular a alteração de produtos orgânicos e releituras de canções recentes do cara.

Data de lançamento: 24 de Junho
Gravadora: Warner Music

 

23Mourn – Ha, Ha, He.

Mourn é uma banda de Barcelona que tem chamado a atenção por sua sonoridade e em Ha, Ha, He., deixa bem claro que é um dos nomes nos quais você deveria prestar atenção.

Misturando punk rock, indie e lembrando bastante nomes como Sleater-Kinney, o quarteto de jovens adultos que acabaram de fazer 20 anos de idade dão as caras com seu segundo álbum.

Data de lançamento: 03 de Junho
Gravadora: Captured Tracks

 

24Look Mexico – Uniola

Quando o Look Mexico lançou seu último disco, To Bed To Battle em 2010, o TMDQA! havia acabado de iniciar as atividades em 2009.

O disco foi uma das trilhas sonoras do início das nossas atividades e de lá pra cá o grupo de post-rock/post-hardcore havia lançado apenas um EP em 2011.

Isso muda agora com Uniola, terceiro disco de estúdio da carreira dos caras que vêm de Tallahassee, na Flórida.

Data de lançamento: 24 de Junho
Gravadora: Tiny Engines

 

25Mitski – Puberty 2

Mitski é uma artista de Nova York que desde que lançou seu mais recente álbum, Puberty 2, tem estado nas listas de melhores lançamentos de vários veículos especializados.

Os instrumentais são simples mas poderosos e servem muito bem para construir uma camada que dá sustentação aos seus vocais bastante únicos.

Data de lançamento: 17 de Junho
Gravadora: Dead Oceans

 

26Hateen – Não Vai Mais ter Tristeza Aqui

A banda brasileira Hateen tem, na figura do vocalista e guitarrista Koala, uma influência enorme no rock brasileiro dos últimos anos.

Além de entoar canções do seu próprio projeto, ele também é o compositor de hits do CPM22, por exemplo, e no mais novo disco do Hateen, Não Vai Mais Ter Tristeza Aqui, aborda assuntos bastante pessoais, como a luta contra a síndrome do pânico, sempre com a mensagem de que as coisas irão melhorar.

Data de lançamento: 17 de Junho
Gravadoras: Hearts Bleed Blue / Deck

 

27The Avett Brothers – True Sadness

A banda de folk/rock The Avett Brothers volta a trabalhar com o mega produtor Rick Rubin no disco True Sadness e lista uma série de influências diferentes para o trabalho.

Entre os artistas que inspiraram o grupo estão Queen, Tom Petty e Nine Inch Nails.

Data de lançamento: 24 de Junho
Gravadora: American

 

28Direct Hit! – Wasted Mind

Direct Hit! é uma banda de punk rock que tem se destacado no underground dos Estados Unidos já há um bom tempo.

Wasted Mind é o nome do novo disco conceitual do grupo que, se antes fazia tudo por conta própria, agora tem o apoio da gravadora Fat Wreck para o lançamento.

Data de lançamento: 24 de Junho
Gravadora: Fat Wreck

 

29Swans – The Glowing Man

The Glowing Man é o décimo quarto disco de estúdio da banda de rock experimental Swans, liderada por Michael Gira.

É dele, por exemplo, a composição de “The World Looks Red / The World Looks Black”, sendo que trechos da letra da primeira parte aparecem na canção “The World Looks Red”, do Sonic Youth.

Data de lançamento: 17 de Junho
Gravadora: Young God / Mute

 

30Name The Band – Summer Lush

Name The Band é uma banda brasileira idealizada por Zeh Monstro (ex Holly TREE e Borderlinerz) que está morando nos Estados Unidos.

Há um bom tempo o grupo se mudou para a Califórnia, mais precisamente Los Angeles, e tem excursionado por todo o país, cultivando um nome principalmente no Oeste dos EUA em estados como Arizona e Nevada.

Para se deslocar aos shows o grupo passa por belíssimas paisagens repletas de desertos, montanhas e cactus, e Summer Lush é uma bela trilha sonora para a road trip.

Data de lançamento: 24 de Junho
Gravadora: Independente

 

31Neko Case, k.d. lang, Laura Veirs

case/lang/veirs é um álbum colaborativo de três grandes cantoras, compositoras e instrumentistas.

Neko Case, k.d. lang e Laura Veirs se uniram para gravar 14 faixas que mostram as influências de indie, folk e country presentes na sonoridade das três.

Data de lançamento: 17 de Junho
Gravadora: ANTI-

 

32Hot Hot Heat – Hot Hot Heat

Antes de encerrar as atividades, da banda canadense Hot Hot Heat irá lançar um disco de despedida homônimo.

Produzido por Ryan Dahle o álbum tenta ser um retrato do último período frutífero da banda, bem como de seus shows.

Data de lançamento: 24 de Junho
Gravadora: Independente

 

33If These Trees Could Talk – The Bones Of a Dying World

The Bones Of A Dying World é o terceiro disco de estúdio da banda de post-rock If These Trees Could Talk.

O álbum sai pela Metal Blade e mostra uma banda que tem se tornado referência dentro do seu estilo.

Data de lançamento: 03 de Junho
Gravadora: Metal Blade

 

34Death Valley Girls – Glow In The Dark

Death Valley Girls é uma banda de Los Angeles que carrega toda a loucura, sensualidade e loucura da cidade.

Glow In The Dark é o segundo álbum do grupo que flerta com o rock and roll clássico e o punk com vocais a la Juliette Lewis.

Data de lançamento: 10 de Junho
Gravadora: Burger Records

 

35The Monkees – Good Times!

A lendária banda The Monkees chega ao décimo segundo disco da carreira e para tanto recorreu a um time bastante especial.

Cada uma das 13 faixas do disco foi escrita por diferentes talentos da música, tanto do passado quanto mais recentes, como é o caso de Rivers Cuomo (Weezer) e Ben Gibbard (Death Cab For Cutie).

Data de lançamento: 03 de Junho
Gravadora: Rhino