Livro traz as entrevistas mais importantes com Jimi Hendrix
 

Chegou ao Brasil o livro de entrevistas com um dos principais guitarristas que já passaram pelo planeta. “Hendrix por Hendrix” traz as entrevistas mais importantes feitas com Jimi Hendrix entre 1966 e 1970, todas selecionadas pelo historiador Steven Roby. Lançado originalmente em 2012, o livro chega ao país pela Edições Ideal.

Nas páginas, Hendrix fala aos repórteres sobre sua infância triste e as noites obscuras no Chitlin’ Circuit, cena dos músicos negros durante a era da segregação racial nos EUA. Ele brinca com o juiz e com o júri durante o seu depoimento, dizendo que já havia recebido LSD pelo correio e ainda rebate – com ironia – a existência de um linguajar das drogas: “São as mesmas palavras inglesas.”

O livro conta ainda com sua última entrevista, apenas alguns dias antes de sua morte: “mostra onde estava a mente de Jimi pouco antes do acidente. Ele não estava abatido ou triste quanto ao futuro e o tom de suas respostas era frequentemente brincalhão,” como observa o jornalista Keith Altham.

Entre tantas entrevistas memoráveis, “Hendrix Por Hendrix” inclui novas transcrições de jornais europeus, da imprensa afro-americana e de jornais da contracultura. Também conta com transcrições inéditas do tribunal – incluindo uma do flagrante de posse de drogas que quase o levou à prisão. O livro conta com 303 páginas, foi traduzido por Leonardo B. Scriptore e já está a venda nas livrarias com preço sugerido de R$ 49,90. A Edições Ideal liberou um trecho da obra para ser lido aqui.