Phil Rudd, ex-baterista do AC/DC
 

Os últimos anos têm sido bastante complicados para o AC/DC e um dos integrantes que deixou a banda é o baterista Phil Rudd.

O cara se envolveu em problemas com a lei porque havia ameaçado um ex-funcionário de morte e também teve uma série de drogas encontradas na sua casa na Nova Zelândia.

Dessa maneira, seus movimentos ficaram bastante limitados já que ele não poderia deixar o país, e mesmo tendo gravado o disco Rock Or Bust, Phil ficou de fora das fotos promocionais, vídeos e turnê do mais recente álbum do grupo.

Em nova entrevista para o Bay Of Plenty Times, Rudd falou a respeito de um possível retorno e disse que isso depende de Angus Young, além de aproveitar para tirar uma casquinha da formação atual com Axl Rose nos vocais:

A minha volta depende do Angus, do que ele quiser fazer. Eu estou limitado quanto aos lugares para onde posso ir. Eu estava com muitos problemas. Não sou mais assim. Nunca me senti melhor como baterista e como pessoa. Não estou dizendo que não tenho a esperança de voltar a tocar com o AC/DC, mas, ao mesmo tempo, essa banda ainda é o AC/DC? Sem a linda voz de Bon [Scott]. Sem Malcolm [Young]. Sem Brian [Johnson].

Muitos fãs têm criticado a atual formação do AC/DC desde que o guitarrista e um dos principais elementos da banda, Malcolm Young, foi obrigado a deixar o grupo para se tratar de demência.

De lá pra cá, Phil Rudd foi afastado e mais recentemente o vocalista Brian Johnson teve que deixar o grupo pois caso contrário poderia ficar completamente surdo.

Apesar disso, após os primeiros shows com a nova formação, o novo vocalista Axl Rose tem sido bastante elogiado por sua performance.

Você pode ver um vídeo gravado durante a ocasião da entrevista com o músico logo abaixo.