No ano passado, o grupo Florence + the Machine lançou o elogiadíssimo álbum How Big, How Blue, How Beautiful e, para acompanhá-lo, foram divulgados diversos clipes que, embalados pelas canções, formavam uma história. Agora, os trechos foram finalmente reunidos e, junto ao capítulo final “Third Eye”, deram vida à “The Odyssey”, um curta-metragem de 47 minutos dirigido por Vincent Haycock.

Segundo a vocalista Florence Welch, esse é o grande final de um projeto muito pessoal que surgiu de uma conversa entre ela e o diretor, no hotel Chateau Marmont, em Los Angeles, há um ano e meio, enquanto a artista escrevia How Big, How Blue, How Beautiful, baseado no fim de seu relacionamento amoroso.

“Os altos e baixos do amor e da performance, o quão eu estava fora de controle, o purgatório do coração partido e como eu estava tentando mudar e me liberTar. Então decidimos contar a história de maneira completa”.

Complementando o relato de Welch, Haycock também revelou que o curta é parecido com a obra “A Odisseia”, de Homero, por ser uma verdadeira jornada. “É a trajetória pessoal de Florence para se encontrar novamente após a tempestade emocional de se ter um coração partido. (…) É uma jornada metafórica sobre escapar de seus demônios, confrontar a si mesma e retornar à Florence original, a dançarina, a performer, a amante”, finaliza.

Para assistir ao curta-metragem, basta clicar aqui.