Black Sabbath: ouça as primeiras demos de 1969

Banda chamava-se Earth. O quarteto gravou no mesmo estúdio utilizado pelos Beatles, em Londres

Black Sabbath
 

Em 1969, a banda Earth passava por um processo de transição que a transformaria em um dos maiores ícones do rock mundial, o Black Sabbath.

Durante esse período, o grupo gravou algumas canções escritas pelo músico Norman Haines, um tecladista de Birmingham, integrante da banda Locomotive. 

Em agosto daquele ano, segundo o guitarrista Tony Iommi, o Sabbath visitou a exuberante sala de oito canais que foi utilizada pelos Beatles durante as sessões do clássico The White Album, no Trident Studios, em Londres, para gravar algumas demos.

Iommi nunca havia pisado em uma sala de gravação antes e não fazia ideia de como microfonar sua guitarra adequadamente.

A banda gravou “The Rebel” e, alguns meses mais tarde, uma segunda faixa, também escrita por Haines, “When I Came Down”, nos estúdios Zella, em Birmingham. Era Outubro de 1969.

O engenheiro de som Roger Bain (que até então nunca havia trabalhado com o Black Sabbath, e que viria a produzir os três primeiros discos do grupo) tentou reduzir a quantidade de distorção no som da banda e foi contrariado por Iommi: “Deixe como está! Faz parte do nosso som!”, exclamou o guitarrista.

Caso você nunca tenha ouvido “The Rebel”, prepare-se para se surpreender com os vocais de Ozzy Osbourne, que não soam tão agudos e agressivos como de costume.

Uma interpretação mais próxima às linhas de voz que o consagraram pode ser ouvida em “When I Came Down” que, combinada aos riffs de Iommi, sinalizava o caminho que o Black Sabbath começava a percorrer para entrar na história.

Confira abaixo.

Siga o TMDQA! no Twitter e receba todas as nossas atualizações em primeira mão!

 

 

   
 

Comentários