Parental Advisory
 

A Apple pretende fazer com que seu serviço de streaming, a Apple Music, torne-se livre de conteúdo explícito. A empresa teve aprovado o registro de uma patente para desenvolver uma tecnologia que automaticamente censuraria músicas e livros em áudio, por exemplo.

apple ganha patente para desenvolver tecnologia que censuraria músicas

Em Setembro de 2014, uma patente chamada “Management, Replacement and Removal of Explicit Lyrics during Audio Playback” (algo como “Gerenciamento, Substituição e Remoção de Letras Explícitas durante Execução de Áudio”) foi arquivada, mas agora foi liberada para desenvolvimento.

Esta tecnologia faz o escaneamento de conteúdo e faz uma comparação com uma lista de palavras “proibidas”. Seria possível substituir palavras explícitas por beeps, silêncios ou até outras escolhas mais “suaves”.

Apesar de ainda não ser garantido que a Apple realmente desenvolva esta tecnologia, é bom ficar de olho para ver como isso mudaria os serviços de streaming de hoje em dia.

Ouça o novo disco de Caetano Veloso!