Scott Weiland por Jamie Weiland
 

A morte de um famoso é sempre um acontecimento que dura além de seu velório, seja através da saudade dos fãs, da repercussão midiática, ou pelas consequências que ela traz a pessoas próximas do falecido.

Scott Weiland, mais conhecido como o rosto à frente do Stone Temple Pilots durante a maior parte da carreira da banda, faleceu em dezembro do ano passado e, desde então, tem estado na ‘boca do povo’ por uma série de motivos, muitos deles polêmicos.

A bola da vez é que, segundo o tabloide TMZ, sua viúva Jamie Wachtel está processando os responsáveis pelo patrimônio do cantor por pouco mais de 64 mil dólares, decorrentes de um acordo pré-nupcial que o casal assinou em 2013.

O acordo previa uma “mesada” de 2 mil dólares a ser depositada por Scott em uma conta pessoal de sua ex-mulher. Ainda estava previsto um reajuste anual de 7% à mesada. Jamie afirma que o ex-líder do STP realizou apenas dois depósitos até a sua morte e que, se tivesse cumprido com os pagamentos, ele teria deixado exatamente 64.406 dólares antes de morrer.

Jamie foi a terceira esposa de Scott Weiland, que ainda teve relacionamentos conjugais com Janina Castaneda entre 1994 e 2000 e Mary Forsberg entre 2000 e 2007, mãe de seus dois filhos.