Kurt Cobain

Há exatamente 22 anos faleceu um dos maiores astros da música de todos os tempos: Kurt Cobain cometeu suicídio em sua casa em Seattle, em 05 de Abril de 1994, e só seria encontrado três dias depois, em 08 de Abril.

O eterno ex-líder do Nirvana era um gênio e marcou não apenas sua geração mas também todas as outras que vieram depois dele, bem como teve impacto em músicos já consagrados. Famoso por sua rebeldia e excentricidade, o músico era, de fato, uma personalidade única.

Para provar isso e celebrar a data em grande estilo, separamos uma lista com 10 fatos que você não sabia sobre Kurt Cobain. Confira:

 

1Kurt Cobain e Jimi Hendrix

Quando tinha apenas 14 anos de idade, Kurt anunciou a um colega que um dia seria superstar, músico, ficaria rico e famoso e depois se mataria no auge da glória, como Jimi Hendrix. Na época eles não sabiam que o caso de Hendrix não foi suicídio.

As duas lendas do rock and roll morreram com 27 anos e eram canhotos com suas guitarras.

 

2Suicídio de perto

O suicídio era uma coisa que perseguia Kurt desde sua tenra idade.

Houve vários casos dentro da sua família. Mas talvez um dos mais impactantes para ele tenha sido o que presenciou aos 13 anos de idade. Ele e alguns colegas de sala encontraram o cadáver de um garoto pendurado numa árvore nos arredores da escola, enforcado.

Eles ficaram olhando a cena por uns 30 minutos até o coordenador chegar e mandá-los embora.

 

3Kurt e a fama

Mesmo desenvolvendo uma estrondosa aversão à fama ao longo de sua carreira, no início as coisas eram diferentes.

Após o lançamento do primeiro single do Nirvana, “Love Buzz”, em 1988, Kurt deu uma cópia para a rádio universitária local, a KCMU, e ficou no carro o dia inteiro com o rádio sintonizado esperando a música tocar.

Conforme a música não tocava, saiu pela estrada, achou um orelhão e pediu, ele mesmo, para que tocassem a canção.

 

4Metallica

Quando o Nirvana estava no auge, o Metallica mandou um fax para eles dizendo: “A gente realmente curte o Nirvana. Nevermind é o melhor disco do ano. Vamos encontrar um dia desses, Metallica. OBS: o Lars odeia a banda!”

5Spray

Quando morava em Aberdeen, na região de Seattle, Kurt gostava de sair pela cidade com uma lata de tinta em spray marcando paredes e automóveis com frases como “Deus é Gay”. Em uma dessas ocasiões ele foi preso.

No seu diário, ele chegou a escrever que não era gay, “mas gostaria de ser só para irritar os homofóbicos.”

 

6Heroína

Cobain começou a usar heroína em doses diárias para aliviar sua dores de estômago crônicas. Ele chegou a visitar os melhores médicos do país mas ninguém encontrou um diagnóstico. Em seu diário, ele escreveu: “Então eu decidi: se eu fosse me sentir como um drogado – era o que eu era mesmo.” Em certa época, ele chegou a alegar que gastava cerca de $100 por dia em heroína e dizia que era para aliviar as dores.

7Rockstar

Em outro momento da sua vida, ele também escreveu:

Eu fui forçado a me tornar um rockstar recluso. Sem entrevistas, aparições na rádio, etc. devido à legião das auto-proclamadas autoridades da música que nem mesmo eram músicos, que não contribuíram artisticamente em nada para o rock além de alguns livros de segunda mão e, além de tudo, são o grupo mais alto de misógenos que existe, de todas as maneiras.

 

8Instabilidade

Kurt era um ser muito instável. Embora tivesse seu bom humor, era bastante conhecido entre seus colegas pelo costume de, por vezes, ficar cerca de 45 minutos num canto sem falar absolutamente nada.

 

9Beijo em Krist Novoselic

Após tocar “Territorial Pissinngs” em uma apresentação no Saturday Night Live(!), durante a tradicional despedida geral do programa, o baixista Krist Novoselic resolveu ir até Kurt para lhe tascar um enorme beijo na boca, com língua e tudo – após ter feito exatamente o mesmo com Dave Grohl antes. O programa se recusou a exibir as imagens novamente nas reprises.

 

10Saturday Night Live e a heroína

Falando em Saturday Night Live, quando a banda tocou no programa o vício na droga estava começando a ficar cada vez maior. O Nirvana tinha uma sessão de fotos marcada para esse período e, no meio dela, Kurt Cobain dormiu algumas vezes porque tinha usado a droga.

Além disso, diz a lenda que após passadas algumas horas da apresentação, Kurt sofreu uma overdose e Courtney Love teria lhe encontrado deitado no chão do quarto de hotel. Ela teria trazido o músico de volta jogando água nele e batendo em sua barriga.

Agradecimentos ao amigo Adams Cardoso pela lembrança. Vida longa à memória e obra de Kurt em nossas vidas!