The Smashing Pumpkins
Foto: Divulgação
 
Ouça o novo single da Majur!

Para alegria dos fãs, recentemente foram vazadas faixas inéditas do The Smashing Pumpkins de 20 anos atrás, gravadas na época de lançamento do álbum Mellon Collie and the Infinite Sadness.

A banda chegou a postar uma nota no facebook a respeito do vazamento, mas a publicação nada satisfeita com ele foi rapidamente tirada do ar. Nela, a banda chega inclusive a dizer que os quatro membros originais “estão juntos” nessas questões.

O site Alternative Nation teve acesso ao post e trouxe seu texto, onde a banda diz que “não se trata de Robin Hood ajudando os pobres:”

“UMA NOTA SOBRE OS VAZAMENTOS DOS ARQUIVOS DOS PUMPKINS: Recentemente algumas faixas ‘novas’, apesar de serem versões não finalizadas e trabalho de mais de 20 anos atrás, apareceram na Internet. E apesar desses lançamentos serem celebrados por fãs e a mídia, são produto de roubo e não deveriam ser aclamados. Lembre-se, o culpado não irá se revelar por medo de ação penal. Isso, senhoras e senhores, não se trata do Robin Hood ajudando os pobres. E quando descobrirmos quem foi, nós, os Smashing Pumpkins (e sim, os quatro membros originais estão unidos nessas questões) iremos processar até as últimas possibilidades da lei; sem dúvidas essa pessoa é um ex-funcionário. E com isso, iremos recompensar quem ajudar a trazer esse assunto para a resolução justa. Mas isso não significa que a gente já não tenha as nossas suspeitas e pistas. É só uma questão de tempo.”

As faixas vazadas foram “The Tracer”, de Pastichio Medley e “One and Two” que apareceu no álbum solo de James Iha, guitarrista da banda, Let it come down.