O músico irlandês Hozier disponibilizou o clipe de “Cherry Wine”, faixa do seu primeiro e até então único álbum, Take Me To Church.

Nele, a atriz indicada ao Oscar pelo filme “Brooklyn”, Saoirse Ronan, interpreta uma mulher que sofre pela cada vez mais frequente violência doméstica praticada pelos homens, mostrando também a dificuldade que as mulheres enfrentam em afastar-se dessa situação.

Não há cenas explícitas de violência, apenas de aparente amor e afeto com o namorado, interpretado por Moe Dunford, em paralelo à atriz Saoirse olhando sozinha para espelho e tentando esconder um roxo no olho com maquiagem. Isso somado à forte letra da canção, “O jeito que ela me diz que eu sou dela e ela é minha; Mão aberta ou punho fechado seriam bons; O sangue é raro e doce como o vinho cereja” são uma afronta a números absurdos que chegam a três mortes por dia de mulheres por atuais ou ex-namorados nos Estados Unidos.

“Espero que através do vídeo e da música nós consigamos mostrar uma luz para o problema e complexidade do abuso doméstico e servir de ajuda pra aqueles envolvidos no ciclo de violência doméstica,” escreveu Hozier em seu site.
O dinheiro arrecadado com downloads do single serão doados a caridades que tratam do abuso doméstico. Clique aqui para download e confira o clipe do Hozier abaixo: