Them Crooked Vultures

Genesis

Genesis

Também em 2015 o músico Phil Collins anunciou o seu retorno à música após uma aposentadoria.

Ao falar sobre as atividades, disse que vai priorizar a carreira solo, mas se mostrou aberto a uma possível reunião do Genesis.

 

Led Zeppelin

Led Zeppelin

Robert Plant já se mostrou contrário à ideia, mas Jimmy Page vive dizendo que gostaria de tocar novamente e recentemente o baterista Jason Bonham (filho de John Bonham), disse que acha que o grupo irá voltar a tocar junto um dia.

Ele se apresentou junto com os integrantes vivos da banda em 2007 quando o CD/DVD Celebration Day foi gravado.

 

Fugazi

Fugazi

Porque todo e qualquer ano seria um bom ano para o Fugazi voltar à ativa e nos presentear com seus sons.

 

Them Crooked Vultures

Them Crooked Vultures

Se não der para o Led Zeppelin voltar, tudo bem. Que o baixista John Paul Jones então retome seu projeto ao lado de Dave Grohl e Josh Homme na forma do Them Crooked Vultures.

Dave Grohl, inclusive, avisou ao final do ano passado que o Foo Fighters iria dar um tempo nas atividades para descanso de seus integrantes.

A banda lançou o primeiro e único disco em 2009 e excursionou para divulgá-lo, entrando em hiato em 2010.

 

Jawbreaker

jawbreaker

O Jawbreaker foi um dos maiores nomes do underground no início dos anos 90 e encerrou as suas atividades após o lançamento do ótimo Dear You, em 1995, quando o álbum saiu por uma grande gravadora e as tensões internas bem como crítica por parte dos fãs antigos ocasionaram o fim do grupo.

Em 2015 o vocalista, guitarrista e principal compositor Blake Schwarzenbach se apresentou de forma solo na Califórnia e tocou músicas da banda, o que trouxe ainda mais pedidos para que a banda volte às atividades.

Para o mundo do punk rock, essa seria uma das maiores reuniões das últimas décadas.

 

Operation Ivy

Operation Ivy - Energy

Outra possível reunião que causaria um terremoto no mundo do punk rock seria do Operation Ivy.

A banda durou curtos dois anos, entre 1987 e 1989, mas com apenas um disco de estúdio foi responsável por influenciar toda uma geração nos anos 90.

Além de ter uma música regravada pelo Green Day na forma de “Knowledge”, tocada até hoje nos shows da banda, o grupo ainda tem dois de seus integrantes no influente Rancid, que vai tocar em 2016 no Coachella. O vocalista e guitarrista Tim Armstrong, que tocava guitarra no Op Ivy, e Matt Freeman, baixista.

Há alguns dias o vocalista Jesse Michaels cantou sons da banda com o Leftover Crack em um show do grupo.

 

The Smiths

Demos de The Smiths e Morrissey

Johnny Marr está na ativa em carreira solo, com dois álbuns, shows incluindo o Brasil e um disco ao vivo. Morrissey está chateado porque as gravadoras não estão dando atenção para sua carreira solo, mas continua fazendo shows. Andy Rourke participou de um projeto do ator James Franco há alguns dias. Mike Joyce ainda tem sua rotina ligada à bateria e participa de programas da BBC Radio.

Por que não, então, sonhar com uma reunião do The Smiths, que encerrou as suas atividades em 1987?

 

My Chemical Romance

My Chemical Romance

Outra banda que também anunciou seu fim de repente foi o My Chemical Romance, que pegou todo mundo de surpresa em 2013.

Com bons álbuns na bagagem mas sempre a controvérsia de ter recebido o selo de “emo” muito cedo na carreia, o grupo divide opiniões, mas seria uma volta interessante, já que seus integrantes têm trabalhado em projetos solo muito bacanas.