Leftover Crack toca músicas do Operation Ivy com Jesse Michaels
 

Em 2015 a banda punk Leftover Crack lançou um dos 50 melhores discos internacionais do ano na forma de Constructs Of The State, terceiro álbum da carreira e o primeiro desde o também incrível Fuck World Trade, de 2004.

No disco aparece uma música chamada “System Fucked” e ela conta com a participação especial de Jesse Michaels, ex vocalista da lendária Operation Ivy e de projetos como Common Rider e o Classics Of Love.

Essa semana, mais precisamente no dia 19 de Dezembro, o Leftover Crack se apresentou na cidade de La Puente, na Califórnia, e contou com a participação especial de Michaels no show, e não foi para cantar “System Fucked”.

Juntos, Jesse e Leftover Crack cantaram dois hinos do influente Operation Ivy na forma de “Sound System” e “Unity”, e você pode assistir às performances logo abaixo.

Operation Ivy

A banda californiana durou apenas dois anos, entre 1987 e 1989, mas o pouco tempo foi suficiente para que ela se tornasse uma das mais influentes do final dos anos 80 e início dos anos 90.

Com um disco homônimo lançado em 1991 que reuniu músicas do EP Hectic, da coletânea Turn It Around e do álbum Energy, o Operation Ivy lançou verdadeiros hinos como “Bombshell”, “Take Warning”, “Bad Town” e “Knowledge”, essa regravada no primeiro disco de estúdio do Green Day.

Após o fim do Operation Ivy, metade da banda formou o Rancid, nas figuras do guitarrista e vocalista Tim Armstrong e o baixista Matt Freeman. O grupo tornou-se um dos mais influentes do punk rock nos anos 90 ao lado de bandas como NOFX, The Offspring, Pennywise e Green Day.

No disco …And Out Come The Wolves, de 1995, o Rancid lançou uma música chamada “Journey To The End Of The East Bay” que conta justamente a história do Operation Ivy.