Black Sabbath anuncia turnê mundial de despedida
 

Quando o Black Sabbath anunciou que em 2016 faria a última turnê da carreira, a banda também divulgou a informação de que um novo disco, sucessor de 13, seria gravado e lançado.

Algum tempo depois, porém, o grupo desistiu da ideia e o vocalista Ozzy Osbourne chegou a dizer que depois de atingir o topo das paradas com o disco lançado em 2013, “não havia mais aonde ir” com um novo disco, por isso o Sabbath desistiu da ideia e ficou só com a turnê de adeus.

Em entrevista para a revista Q do Reino Unido, o guitarrista Tony Iommi mostrou que compartilhava de opinião diferente em relação aos outros integrantes da banda, afirmando que adoraria gravar novos sons e tem material de sobra para isso:

Eu tenho tantos riffs. Escrevi muita coisa para outro álbum e aí nos encontramos em Los Angeles, mas os outros… bem, Geezer [Butler] não queria gravar outro álbum. E assim, depois de você lançar um disco Número 1, aonde você vai? No último LP, gravamos 16 músicas [e 11 foram usadas], então talvez a gente ainda lance algo dessas sessões. Ainda não sabemos. Minha intenção é parar de tocar? Não. Excursionar que é muito difícil para mim. Eu adoraria fazer algo com os caras. Mas seja lá o que acontecer, farei algo.

Iommi luta contra um câncer há um bom tempo e já revelou que a rotina de shows é muito difícil para ele pois há um controle periódico e rígido de sua saúde, bem como tratamento para a doença.

Esperamos que essas “sobras” de 13 sejam lançadas oficialmente em breve.

Fonte: Blabbermouth