A cervejaria escocesa BrewDog é conhecida pela qualidade de suas bebidas e por ter utilizado nomes de estilos musicais em alguns de seus rótulos, como a Punk IPA e Hardcore IPA, por exemplo.

Agora, mostrando mais uma vez que é um dos nomes mais bacanas do mercado, a BrewDog anunciou o lançamento da “primeira cerveja transgênero do mundo”.

Trata-se da “No Label”, cerveja do estilo Kolsch (que transita entre as Ales e as Lagers) que foi produzida com lúpulos que mudaram de sexo, de flores femininas para masculinas antes da colheita:

Usamos esse lúpulo para enfatizar que, assim como os humanos, a cerveja pode ser quem diabos ela quiser, e ter orgulho disso.

A cerveja foi criada em parceria com a Queerest of the Queer, que organiza eventos LGBTQI+ e celebra a diversidade e o talento da comunidade. Todo o lucro obtido com a venda da No Label será revertido para a organização, que apoia projetos voltados a comunidade de jovens transgêneros.

A cerveja já está disponível na loja online da BrewDog, por aqui.

Fonte: BrewDog

     
 
Compartilhar