Finalmente acabou o mistério sobre o novo disco de Rihanna. Pelo menos em parte. Na noite da última quarta-feira (7), a cantora anunciou em uma galeria de arte o lançamento de Anti, oitavo álbum de sua carreira.

Porém, ela divulgou apenas o título e capa do trabalho, que foi criada pelo artista Roy Nachum e pode ser vista ao fim desta publicação. Uma nota entregue aos participantes do evento falava sobre o conceito do registro.

Anti: uma pessoa que se opõe a uma determinada política, atividade ou ideia. […] Ao continuar a seguir seus próprios instintos, seu trabalho se esforça para criar um impacto, fazendo a própria antítese do que o público espera.

Anteriormente, a popstar já havia dito em entrevista que seu estilo deveria mudar um pouco:

Fiz um monte de músicas que são realmente grandes. Elas simplesmente explodem. E eu queria meio que voltar para… não que o que eu fazia antes não era música de verdade, mas só quis me concentrar em coisas que pareciam reais, que viessem da alma, que parecessem eternas.

Nessa oportunidade, ela também declarou que o trabalho soaria atemporal:

Eu queria músicas que pudesse tocar daqui a 15 anos; Queria um álbum que pudesse tocar daqui a 15 anos. Não é qualquer canção que foi escolhida. Acho que quando eu entrar no palco agora, não vou querer cantar um monte de minhas músicas porque eles não soam como eu atualmente. Então, quero fazer músicas que são atemporais.

Detalhes como data de lançamento e lista de músicas de Anti ainda não foram revelados.

Capa de Anti, novo disco de Rihanna

 
 
Compartilhar