Circa Survive
 
Ouça o novo single da Majur!

Simpatia, bom humor e uma boa dose de poder. Essa era a forma de Anthony Green, vocalista do Circa Survive, de encarar com sua banda o público paulista na noite do último sábado, 3 de Outubro, ao subir ao palco para a sua terceira apresentação em terras brasileiras.

O show foi precedido pelas apresentações da Magüerbes, com o som apresentando falhas e fazendo boa parte da galera tapar os ouvidos (literalmente) por conta do volume, e pelo Bullet Bane, já com o som ajustado e acompanhado de perto por um animado Green no canto do palco (a banda já havia se apresentado com eles no Rio de Janeiro e em Belo Horizonte).

A apresentação da Circa Survive de São Paulo começou com  “Child of the Desert”, do mais recente disco, Descensus, acompanhados pelo público que se esforçava tanto para se aproximar mais do palco quanto fosse possível e receber qualquer sinal de que Colin Frangicetto, Brendan Ekstrom, Nick Beard, Steve Clifford e Anthony Green repararam em sua existência, quanto para mostrar que esse era o público que ia cantar cada uma das músicas desse set como se ele tivesse sido ensaiado anteriormente.

As músicas escolhidas para o show paulista, assim como o que foi feito para o restante da turnê, misturaram destaques de todos os discos, do Juturna (2005) ao Descensus (2014). Com isso, algumas das escolhidas para os shows de outros estados ficaram de fora (como “I Felt Free”) ao passo que outras só rolaram por aqui (como “The Great Golden Baby”). Não dá para reclamar: o show crescia em peso e em entrosamento do público com a banda a cada nova música apresentada.

#CircaSurvive em São Paulo #tmdqa #rock #musica

A photo posted by Tenho Mais Discos Que Amigos! (@tmdqa) on

 

Tanta sintonia fez Green ficar ainda mais próximo do público, aproveitando para respirar e conversar com a galera. Em um desses momentos, antes de levar a turma ao total delírio com “Strange Terrain”, do Blue Sky Noise (2010)ele fez a festa dos paulistas com a seguinte frase: É muito bom tocar pra vocês. Vocês são incríveis… Já tinham dito pra gente que o público de São Paulo era um dos melhores do Brasil. Pelo que estou vendo, é mesmo!”. 

A sonoridade pesada do quinteto com a dupla de guitarras de Frangicetto e Ekstrom, a ritmada bateria de Clifford e o baixo marcado de Beard encontraram alguns problemas com a acústica da casa. Assim como Magüerbes e Bullet Bane, o Circa Survive não escapou dos problemas de som. Em alguns momentos, dependendo da posição em que você se encontrava nos arredores do palco (acredite, isso mudava bastante de uma música para outra) era difícil até escutar a voz de Green. Nada que pudesse acabar com o clima daquela noite, mas um ponto infelizmente necessário de se destacar.

Em outro momento em que parou para falar com o público, Green chegou a uma conclusão: precisa vir mais para o Brasil (para o bem de todos e alegria infinita da nação)“Esse deve estar sendo um dos nossos melhores shows de todos os tempos… Vocês são foda! E olha… (apontando para a iluminação da casa) parece que estamos tocando dentro de uma nave espacial. Imagina como pode ser foda tocar dentro de uma nave espacial? Eu acho que nós vamos nos mudar permanentemente para o Brasil. Tocaremos aqui uma vez por semana!”

Outra das diversas manifestações de carinho da banda para com o público foi uma pausa feita por Green após “In Fear and Faith” “Stop the Fuckin’ Car” para pedir água à produção. Ele achou que seria uma boa ideia acabar com um pouco da sede do público distribuindo água para alguns fãs, em grandes goles, diretamente na boca do público. Após o gesto, acalmou um pouco a euforia dos paulistas com “Nesting Dolls” e interrompeu o show para o aguardado bis.

No retorno da banda ao palco, outra explosão sonora: a surpresa de “The Difference Between Medicine and Poison Is in the Dose” “The Great Golden Baby”, ambas fora dos setlists do Rio de Janeiro e de Belo Horizonte, e a dobradinha de fechamento “Act Appalled” e “Get Out” voltaram a aquecer o público, que já conta nos dedos os dias que faltam para o anúncio do retorno da banda ao país.

Setlist – Circa Survive em São Paulo

Child of the Desert
Holding Someone’s Hair Back
In the Morning and Amazing…
Strange Terrain
Sharp Practice
Living Together
Schema
Glass Arrows
Only the Sun
The Greatest Lie
In Fear and Faith
Stop the Fuckin’ Car
Nesting Dolls
(BIS)
The Difference Between Medicine and Poison Is in the Dose
The Great Golden Baby
Act Appalled
Get Out