Rage Against The Machine no SWU
 

Festivais de música tem, graças aos deuses do Rock, se tornado cada vez mais frequentes aqui no Brasil.

Tanto iniciativas locais e produtos nacionais como o Rock In Rio quanto “grifes” famosas lá de fora através de eventos como Lollapalooza e Sónar, reúnem grandes bandas nacionais e internacionais em festivais que levam milhares de pessoas aos locais onde acontecem e criaram por aqui a cultura do festival.

Há 5 anos, no interior do estado de São Paulo, aconteceu a primeira de duas edições do festival SWU, ou “Starts With You”, idealizada por aqui e com um apelo enorme à sustentabilidade. Tanto que o nome do evento foi escolhido para que as pessoas se conscientizassem de que, para um mundo melhor, é necessário que as ações comecem com cada um de nós.

Aproveitando a Semana do Rock e também relembrando o primeiro evento que teve cobertura do TMDQA!, na época um bebê de um ano, viajamos no tempo para Itu e relembramos o sensacional SWU 2010, que teve no line-up uma escalação de headliners e bandas “menores” que até hoje deixa saudades, apesar de grandes escalações em festivais de lá pra cá.

Partiu para o túnel do tempo?

 

09 de Outubro de 2010

Atrações nacionais

Los Hermanos no SWU

O primeiro dia do festival SWU em 2010 deixou bem claro que a proposta da organização era valorizar a música brasileira.

Tanto que das 8 atrações em cada um dos dois palcos principais (“Água” e “Ar”), cinco eram de artistas brasileiros.

Brothers Of Brazil, Macaco Bong, Mutantes, Black Drawing Chalks e Los Hermanos subiram aos principais postos do dia para mostrarem seus sons. Destaque para os Hermanos que estavam fazendo mais um de seus famigerados shows de reunião.

 

Palco Oi Novo Som

Além dos palcos principais, havia ainda uma “tenda alternativa” na forma do Palco Oi Novo Som, que no seu primeiro dia teve outros nomes nacionais de destaque, como Letuce, Superguidis, Mallu Magalhães e Cidadão Instigado.

 

The Mars Volta

The Mars Volta no SWU 2010

A influente banda de rock progressivo da dupla Omar Rodriguez-Lopez e Cedric Bixler-Zavala desembarcou no Brasil com a proposta de fazer um set baseado em seu primeiro disco, o ótimo De-Loused In The Comatorium.

Foram três músicas do álbum em um set de uma hora com seis canções no total.

Setlist

  1. Cotopaxi
  2. Broken English (Marianne Faithfull)
  3. Goliath
  4. Eriatarka
  5. Cicatriz ESP
  6. Roulette Dares (The Haunt Of)

 

Rage Against The Machine

Rage Against The Machine fecha primeira noite do SWU

O show do Rage Against The Machine aconteceu logo no primeiro dia de SWU e talvez fosse o mais esperado de todo festival.

Antes da banda subir ao palco, integrantes chegaram a dar declarações sobre a política brasileira e o guitarrista Tom Morello usou um boné do MST.

Musicalmente falando, o Rage estava fazendo uma série de shows de retorno, sem previsão de que voltaria à ativa efetivamente para turnês e discos, por exemplo, o que realmente nunca aconteceu.

Fato é que assim que uma estrela vermelha subiu ao fundo do palco da banda ao som de uma sirene, a Fazenda Maeda correu em peso para o mais perto possível do palco, e a performance cheia de energia fez história.

Foram hits atrás de hits, todo mundo cantando todas as músicas e confusões provocadas por tentativas (e sucessos) de invasão da área VIP, bem como empurra-empurra na pista.

O show foi parado duas vezes para acalmar os ânimos, mas quem esteve lá deve ter esse show gravado no cérebro até hoje, já que a rara oportunidade foi das mais espetaculares.

Setlist

  1. Testify
  2. Bombtrack
  3. People of the Sun
  4. Know Your Enemy
  5. Bulls on Parade
  6. Township Rebellion
  7. Down Rodeo (com problemas técnicos)
  8. Bullet in the Head
  9. Calm Like a Bomb
  10. Guerrilla Radio
  11. Sleep Now in the Fire
  12. Wake Up
    Bis
  13. Freedom
  14. Killing in the Name

 

10 de Outubro de 2010

Pop/rock no SWU

Dave Matthews Band no SWU 2010

O segundo dia de SWU teve presença dominante de artistas voltados ao Pop e ao Pop/Rock nos palcos principais do festival.

Nomes como Jota Quest, Joss Stone, Capital Inicial, Dave Matthews Band e Regina Spektor dividiram as tarefas nos palcos “Água” e “Ar” em 10 de Outubro.

 

Sublime With Rome

Sublime With Rome no SWU

Se a organização acertou na escalação de um horário do SWU 2010 marcando um golaço foi no show do Sublime With Rome.

O grupo subiu ao palco ao final da tarde, e seu show culminou com uma performance de “Santeria” ao pôr do Sol que foi cantada por milhares de pessoas em uma colaboração do público que surpreendeu até os artistas.

Inesquecível.

Setlist

  1. Dub Jam
  2. Date Rape
  3. Smoke Two Joints (The Toyes)
  4. Don’t Push
  5. Garden Grove
  6. Right Back
  7. New Thrash
  8. April 29, 1992 (Miami)
  9. Take It or Leave It
  10. Wrong Way
  11. 40oz. to Freedom
  12. Under My Voodoo
  13. Panic
  14. Doin’ Time
  15. What I Got
  16. Santeria
  17. Badfish
  18. Let’s Go Get Stoned

 

Kings Of Leon

Kings Of Leon no SWU

Em 2010 o Kings Of Leon estava na crista da onda e a organização acertou quando escalou a banda americana como headliner.

O grupo preparou luzes especiais para seu palco e fez um show de 20 músicas baseado no disco Only By The Night, que tinha hits como “Sex On Fire”, “Use Somebody” e “Crawl”.

Setlist

  1. Crawl
  2. Molly’s Chambers
  3. My Party
  4. Be Somebody
  5. Mary
  6. Fans
  7. Revelry
  8. Closer
  9. Four Kicks
  10. The Bucket
  11. Notion
  12. Radioactive
  13. Sex on Fire
  14. On Call
  15. Back Down South
  16. Slow Night, So Long
    Bis:
  17. Knocked Up
  18. Manhattan
  19. Use Somebody
  20. Black Thumbnail

 

Oi Novo Som

No segundo dia de festival o Palco Oi Novo Som teve artistas influentes da música brasileira como os cantores Otto e Tulipa Ruiz.

 

11 de Outubro de 2010

Depois do dia que flertou com o pop, o SWU continuou com uma escalação que apostava na mistura de música pesada e rock alternativo.

Gloria e Cavalera Conspiracy

Cavalera Conspiracy no SWU

Pelo lado brasileiro, se apresentaram nos dois principais palcos do evento as bandas Gloria e Cavalera Conspiracy, que fizeram muito barulho durante a tarde do último dia de SWU 2010.

 

Incubus, Pixies, Yo La Tengo

Incubus no SWU

Pelo lado do rock alternativo, o Incubus levou seus fãs à loucura e o Pixies colocou todo mundo para cantar seus hits dos anos 90.

O Yo La Tengo, que tocou mais cedo, teve seu público restrito a quem já era fã da banda, mas fez bonito.

Setlist Incubus

  1. Megalomaniac
  2. Anna Molly
  3. Nice to Know You
  4. Pardon Me
  5. Circles
  6. Make Yourself
  7. Oil and Water
  8. Drive
  9. A Crow Left of the Murder
  10. Are You In?
  11. Look Alive
  12. The Warmth
  13. Love Hurts
  14. Wish You Were Here

 

Setlist Pixies

  1. Bone Machine
  2. Isla de Encanta
  3. Tame
  4. Broken Face
  5. Nimrod’s Son
  6. Debaser
  7. Wave of Mutilation (UK Surf)
  8. Here Comes Your Man
  9. Monkey Gone to Heaven
  10. Mr. Grieves
  11. Crackity Jones
  12. Caribou
  13. La La Love You
  14. No. 13 Baby
  15. Gouge Away
  16. Velouria
  17. Dig for Fire
  18. Allison
  19. Hey
  20. U-Mass
  21. Vamos
    Bis:
  22. Planet of Sound
  23. Where Is My Mind?
  24. Gigantic

 

 

Avenged Sevenfold

Avenged Sevenfold no SWU

Em partes, o show do Yo La Tengo foi prejudicado porque o público que aguardava o próximo show do palco era bem distinto da sua base de seguidores.

Fãs de Avenged Sevenfold se aglomeravam em frente ao Palco Ar para ver o show da banda, que acabara de lançar seu quinto disco de estúdio, Nightmare, e era um dos nomes mais aguardados pelo público jovem do evento.

Muita gente também acompanhou a apresentação da banda pois na bateria estava Mike Portnoy, então conhecido por seu trabalho no Dream Theater.

Setlist

  1. Nightmare
  2. Critical Acclaim
  3. Welcome to the Family
  4. Beast and the Harlot
  5. Buried Alive
  6. Afterlife
  7. God Hates Us
  8. Unholy Confessions
  9. Almost Easy

 

Queens Of The Stone Age

Queens Of The Stone Age no SWU

O cultuado QOTSA, de Josh Homme, voltava ao Brasil longos anos após a última aparição e com discos conceituados na bagagem, como Songs For The Deaf, que teve Dave Grohl na bateria.

Muita gente, aliás, foi ao show achando que presenciaria uma performance do líder do Foo Fighters com as baquetas, mas assim que a primeira música foi tocada, transformou-se em fã da banda mesmo tendo se enganado.

Na gelada Itu (a quantidade de roupas das pessoas foi aumentando dia após dia de festival) Josh Homme e sua trupe fizeram um show de primeira, e o próprio disse que não tinha palavras para descrever o sentimento de estar ali naquela noite.

Vale a observação de que esse show, devido a problemas técnicos, foi o único de todo o festival que não começou pontualmente no horário previsto.

Setlist

  1. Feel Good Hit of the Summer
  2. The Lost Art of Keeping a Secret
  3. 3’s & 7’s
  4. Sick, Sick, Sick
  5. Monsters in the Parasol
  6. Burn the Witch
  7. Long Slow Goodbye
  8. In My Head
  9. Little Sister
  10. Do It Again
  11. I Think I Lost My Headache
  12. Go With the Flow
  13. No One Knows
  14. A Song for the Dead

 

Linkin Park

Linkin Park no SWU

Para fechar o festival na parte do rock, o Linkin Park foi escolhido e apostou em uma mistura de grandes hits com experimentações de seus integrantes.

Mais voltado ao rock mainstream, o show agradou os fãs da banda e mostrou como a organização se preocupou em trabalhar seu line-up através de uma mistura entre nomes consagrados pela crítica e pelo público.

Setlist

  1. Wretches and Kings
  2. Papercut
  3. Given Up
  4. New Divide
  5. Faint
  6. When They Come for Me
  7. No More Sorrow
  8. Jornada del Muerto
  9. Waiting for the End
  10. Wisdom, Justice, and Love
  11. Iridescent
  12. Numb
  13. The Radiance
  14. Breaking the Habit
  15. Shadow of the Day
  16. Crawling
  17. One Step Closer
    Bis:
  18. Fallout
  19. The Catalyst
  20. The Messenger
  21. In the End
  22. What I’ve Done
  23. Bleed It Out

 

 

Tiesto

O último show da noite foi do produtor Tiesto, que transformou o SWU em uma gigantesca pista de dança.

Foi assim, com festa, que terminou a primeira e histórica edição do festival, que caprichou na escolha das bandas do seu line-up.

Setlist

  1. Kaleidoscope (Original Mix (feat. Jónsi))
  2. C’Mon (Original Mix (Tiësto vs. Diplo))
  3. Escape Me (feat. C.C. Sheffield)
  4. Pacha On Acid (Afrojack cover) (Original Mix)
  5. Who Wants To Be Alone (Phillip D Remix (feat. Nelly Furtado))
  6. I Am Strong (Jonas Stenberg Remix (feat. Priscilla Ahn))
  7. Feel it in My Bones (feat. Tegan & Sara)
  8. Warp 1.9 (The Bloody Beetroots cover)
  9. The Silence (Delerium cover) (Tiësto Remix)
  10. Lyposuct Pyramid (Dirty South Mashup (DIM + TAI vs. John Dahlback))
  11. Papillon (Editors cover) (Tiesto Remix)
  12. Tweak Your Nipple (Faithless cover) (Tiesto Remix)
  13. Heartless (Kanye West cover) (Hatiras Bootleg Remix)
  14. This is Be (Bassjackers Edit (LBL vs Solid Groove))
  15. The Island – Pt. I (Dawn) (Pendulum cover) (Tiesto Remix)
  16. The Island – Pt. II (Dusk) (Pendulum cover)
  17. Tell me Why Life is Wonderful (Playmen Bootleg (Supermode vs Hurts))
  18. Traffic
  19. In the Dark (Tiesto 2010 Remix (feat. Christian Burns))
  20. Love Comes Again (Original Mix)
  21. Speed Rail (Original Mix)
  22. Century (Tiesto Remix (feat. Calvin Harris))
  23. Forever Young (Remix)
  24. Satisfaction (Benny Benassi cover) (Afrojack Remix (feat. The Biz))
  25. Adagio for Strings (Samuel Barber cover)

 

 

Palco Oi Novo Som

No último dia do SWU 2010, o palco voltado à música alternativa e nacional teve nomes de peso: Mombojó, Autoramas, BNegão & Os Seletores de Frequência e CSS foram as atrações responsáveis por fechar a festa.

Line-up SWU 2010