Ouça o novo single da Majur!

Um monte de novidades para você, querido leitor da coluna Mixed Up.

Tem o electropop engajado do Years and Years (foto) com a soturna “Foundation”. Um belo clipe em que os integrantes se encontram numa espécie de funeral em que os mortos voltam à vida.

Amenizando a “darkice”, temos a Future House do produtor Oliver Heldens com um clipe Up e debochado para o single “Shades of Grey”. Pode ser uma alusão ao péssimo romance erótico, mas esperamos que não.

Finalizamos a lista em clima house festeiro com a parceria da cantora Robyn e La Bagatelle Magique com “Love is Free”. Com certeza será um hit nas festas pop.

 

NEW ORDER DE VOLTA NA PRAÇA

New-Order

Os veteranos do synthpop e influência básica para qualquer produtor de e-music que se preze, o New Order mostra que ainda tem fôlego e nos presenteia com um novo trabalho após Lost Sirens (2013). Pra variar, Peter Hook não está envolvido e a banda segue com parte da formação clássica e músicos extras ao vivo.

O novo álbum se chama Music Complete e tem capa assinada pelo gênio Peter Saville. E para alegria dos fãs teremos algumas faixas produzidas por Stuart Price (Zoot Woman) e Tom Rowlands (The Chemical Brothers).

Playlist:

01 Restless
02 Singularity
03 Plastic
04 Tutti Frutti
05 People on the High Line
06 Stray Dog
07 Academic
08 Nothing But a Fool
09 Unlearn This Hatred
10 The Game
11 Superheated

 

CONHEÇA O SOM AMBIENT DO GLAUBBER

11225345_397310010474759_5007701645686262739_n

Glaubber é um interessante projeto voltado à ambient music. Um gênero pouco explorado após os anos 2000 que fez muito sucesso no underground eletrônico nos anos 80 e 90.

Idealizado pelo produtor fortalezense Gláuber Sampaio, o EP “Seis Tempos” foi lançado há pouco e traz belas melodias e atmosfera onírica dignas de uma boa trilha sonora.

 

CINARA MARTINS VENCE O RED BULL THR3STYLE

Dj Sinara poses for a portrait at Red Bull Thre3 Style National Final in Brasilia, Brazil on June 21st, 2015

O público que lotou o Club 904, em Brasília, na noite de sábado (20) para assistir à batalha entre os melhores DJs do Brasil sambou, pulou e deu risada para coroar a segunda vitória consecutiva da DJ Cinara Martins, de 31 anos. A paulistana representará o Brasil na final mundial do Red Bull Thre3style, no Japão, em setembro.

Durante a disputa na Capital Federal, oito competidores tiveram 15 minutos cada para mixar três diferentes estilos e serem aprovados por um júri e pelo público. A DJ surpreendeu e divertiu a pista ao fingir atender uma ligação da mãe no celular e ao utilizar gravações caseiras em suas mixagens.

“Todos os DJs estavam tocando músicas muito boas e vim com essa brincadeira como um diferencial para conquistar o público”, diz ela, que apresentou um set com mistura de samba, rap e pop. “A ficha ainda não caiu, mas já começo a treinar de novo a partir de amanhã.”

Apesar de participar do campeonato há apenas dois anos, Cinara já tem experiência na final mundial da disputa: no ano passado ela representou o país no Azerbaijão após vencer concorrentes de três Estados diferentes na etapa brasileira. Agora, após defender o posto de campeã nacional, ela tentará levar o título mundial do Red Bull Thre3style enfrentando mais uma vez os melhores DJs do mundo.

A competição será em Tóquio, no Japão, de 13 a 21 de setembro. Os DJs que venceram as etapas nacionais nos diferentes países participantes do campeonato irão buscar o título de campeão do mundo. “Por toda a experiência e aprendizado que adquiri no último ano, acredito que terei mais chances agora”, afirma a DJ.

Os jurados da batalha que elegeu a campeã nacional foram Nedu Lopes, que já defendeu o Brasil em quatro finais mundiais, KL Jay e Tamenpi. Para todos eles esta foi a edição mais difícil do campeonato.

A batalha nacional do Red Bull Thre3style deste ano teve cem inscrições. Apenas sete DJs foram selecionados, além de Cinara Martins, classificada por ter sido campeã da disputa em 2014.

 

DJ SET

MILO

Sábado toco em um dos clubinhos mais aconchegantes de São Paulo e discoteco um set focado em indie rock, indie dance e 90s. Se você ainda não foi no tradicional Milo Garage da pompéia, essa será uma boa oportunidade.

+INFOS

IGREJINHA

E hoje (quinta) não deixe de dar uma passada no Igreginga. Uma das melhores festas de house/nu disco da cidade completam 2 anos de vida com line up luxo.

SÓNAR 2015 E A PIOR DANCE MUSIC DE 2015

sónar

E antes de dar tchau, vamos falar rápidão do festival Sónar, que terá edição 2015 por aqui. Já foram confirmados Chemical Brothers, Hot Chip, Brodinsky e o prodígio do novo hip hop Evian Christ que irão se apresentar no dia 28 de novembro no Espaço das Américas na capital Paulista. Outras atrações serão confirmadas nos outros dias dos eventos e falaremos delas por aqui.

Até o fechamento da coluna a assessoria do Sónar Festival Brasil não passou o restante do line up 2015

E deixo vocês com, talvez, a pior música de 2015 com assinatura do hypado Diplo para a persistente rainha do pop que continua a seguir tendências e e não tem feito nada bombástico desde “Confessions On A Dancefloor (2005)”. Triste ver o que a Madonna se tornou.