Ben Franklin Smoking Reefer and Smiling on Hundred Dollar Bill

Foto Getty Images / Billboard

A Billboard não se restringe apenas às paradas musicais para indicar quem vende mais ou menos cópias de seus mais recentes discos, e tem lançado uma série de relatórios muito interessantes sobre a música.

Em um deles, mostra, na média, quanto ganhou em 2014, cada pessoa envolvida em um show nos Estados Unidos, tanto no nível underground, quanto entre as mega atrações que fazem apresentações em estádios.

Entre as bandas menores, por exemplo, a atração de abertura costuma ganhar em média 16 mil dólares a cada 40 apresentações, ou cerca de 400 dólares (R$ 1.200) por show.

Já a atração principal leva pra casa 750 mil dólares a cada 40 datas ou 18.750 dólares por show, considerando ingressos de 50 dólares e casas lotadas. Fazendo uma conta simples, dividindo os 18.750 dólares por 50, seriam necessários 375 pagantes para fechar a equação, ou um pouco mais se outros custos forem adicionados e não direcionados exclusivamente ao artista. Como shows em casas com números próximos de 1.000 pessoas nos EUA são bastante comuns, faz todo sentido.

Por outro lado, no mundo das bandas maiores, o estudo foi ainda mais detalhado e trouxe não apenas os valores recebidos pelos headliners, que variam entre 3,3 e 30 milhões de dólares a cada 40 shows, mas também de outras figuras importantes para o evento, como guitarrista, backing vocal, empresário, diretor de luz, operador de luz, catering, vendedor de merch, motorista, e a nobre posição do “bolador de cigarros”, que leva 500 dólares por semana mais despesas de hotel e transporte.

Para as groupies, más notícias: além de ingressos e passagens, não costuma haver compensação financeira pela lealdade.

Você pode ver os detalhes de quanto recebe cada um no gráfico abaixo.

Fonte: Billboard

Do guitarrista ao "bolador de cigarro": quanto ganha quem faz parte de um show