Documentários para Entender o Rock - Anos 50 e 60
 

Iniciamos essa semana uma série especial sobre a história do rock com listas de documentários que vão te ajudar a entender melhor como tudo começou, o caminho que percorreu e onde chegamos com esse tal de rock and roll.

A primeira lista é sobre os anos 50 e 60, período em que surge o rock, um dos estilos derivados do blues, peça chave na compreensão do estilo.

THE BLUES – SÉRIE DE MARTIN SCORSESE

Documentários para Entender o Rock - Anos 50 e 60

Surgido dos cantos religiosos africanos, o blues só ganhou esse nome nos Estados Unidos, quando definiu-se como um estilo musical no final do século XIX. Por mais que hoje seja, de certa forma,”elitizado”, o blues até meados dos nos 50 e 60 era marginalizado por ser música negra, muito por conta da segregação racial americana ainda muito forte. Foi nos anos 50 que dele começaram a surgir os primeiros passos do rock ‘n roll e de tantos outros estilos.

The Blues é uma série de documentários iniciada pelo icônico diretor Martin Scorsese. São oito filmes impressionistas, dirigidos por alguns dos maiores cineastas do mundo: além de Scorsese tem Clint Eastwood, Mike Figgis, Charles Burnett, Marc Levin, Richard Pearce e Win Wenders. Nessa grande viagem pelo blues, os filmes incluem interpretações especiais, contextualizando o espectador desde o início até a sua influência global e na música como um todo. Alguns dos filmes podem ser encontrados legendados no YouTube.

Os filmes produzidos foram:
The Blues – Feel Like Going Home (De Regresso A Casa) – Martin Scorsese
A Soul of a Man (A Alma de Um Homem) – Wim Wenders
Road To Memphis (A Caminho de Menphis) – Richard Pearce
Warming by the Devil’s Fire (Aquecido Pelo Fogo do Diabo) – Charles Burnett
Godfathers and Sons (Padrinhos e Filhos) – Marc Levin
Red, White & Blues – Mike Figgis
Piano Blues – Clint Eastwood
Lightning in a Bottle – Um Tributo ao Blues – Direção conjunta

CHUCK BERRY – O MITO DO ROCK

Documentários para Entender o Rock - Anos 50 e 60

Apesar de não podermos dizer com precisão quem foi o criador do rock, Chuck Berry é um dos pioneiros do estilo com o rockabilly ao lado de nomes como Bill Haley, Little Richard, Jerry Lee Lewis, Gene Vincent. Mesmo sendo considerados os pioneiros, o mensageiro do rock´n´roll foi Elvis Presley, um branco com gingado, algo que a indústria cultural da época achou mais “aceitável” para o mundo. Deu-se a explosão do rock com Elvis e não se pode tirar esse mérito dele, é claro.

Em Chuck Berry – O Mito do Rock, o diretor Taylor Hackford mostra um pouco dessa lenda com direito a entrevista com o próprio, além de ilustres convidados como Diddley, Little Richard, Roy Orbison, The Everly Brothers, Eric Clapton, Linda Ronstadt, Keith Richards e Bruce Springsteen. O documentário celebra o 60º aniversário do músico desde um de seus maiores concertos, realizado no Fox Theatre, em St. Louis, no estado do Missouri, além de discutir a vida e a carreira de Berry,

THIS IS ELVIS

Documentários para Entender o Rock - Anos 50 e 60

Dentre os inúmeros filmes feitos sobre Elvis Presley, This is Elvis é o mais famoso e completo deles. A direção conjunta de Andrew Solt e Malcolm Leo fez bonito ao registrar momentos da vida do Rei do Rock. O documentário mescla videoclipes do astro, noticiários, cenas de alguns de seus filmes e trechos de suas aparições na TV norte-americana.

É considerado o primeiro e definitivo documentário sobre a vida e carreira de Elvis, sendo elogiado por fãs e também pela crítica. Uma mescla de cenas de estúdio e de arquivo que, além disso, apresenta entrevistas e depoimentos de pessoas que conviveram com o cantor. Há quem diga que Elvis ainda não tem um documentário mais oficial, que mostre todas as suas facetas.

Quem quiser ir mais a fundo na vida de Elvis pode ir atrás de alguns outros títulos interessantes como Elvis on Tour, Elvis, Elvis: That’s the Way It Is e He Touched Me – The Gospel Music of Elvis Presley.

THE BEATLES ANTHOLOGY

Documentários para Entender o Rock - Anos 50 e 60

The Beatles Anthology é uma série produzida pela Apple Corps e Televisão Granada em 1995 e exibida nos EUA pela rede ABC no mesmo ano. Os então integrantes vivos dos Beatles, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr, se reuniram a partir de 1994 para gravar entrevistas que foram juntadas a velhas entrevistas de John Lennon (morto em 1980), onde eles contam a história do grupo.

Várias imagens inéditas dos Beatles foram adicionadas ao documentário para ilustrar a história. A série foi lançada em DVD com cinco discos e é considerado o registro mais completo sobre os Beatles, conta desde o início da banda nos anos 1950, passando pela Beatlemania, os anos em que viveram a contra-cultura mais intensamente, até o fim.

ANOS 60: A DÉCADA DOS BEATLES

Documentários Para Entender o Rock - Anos 50 e 60

O documentário Anos 60: A Década dos Beatles foi produzido pelo canal VH1 e possui cinco episódios. As imagens mostram como uma banda pop se tornou um fenômeno mundial da cultura jovem. Além dos Beatles, a década marcou também por um turbilhão de importantes acontecimentos, como a Guerra Fria, as reivindicações dos jovens franceses e a revolução sexual.

O som diferente de tudo que já havia sido feito era a grande sacada daqueles quatro rapazes de Liverpool, o que ocasionou uma paixão imediata por parte dos jovens de todo o mundo. O surgimento de outro grupo de rock inglês, The Rolling Stones, colocou mais lenha na fogueira.

No mesmo contexto havia James Dean sendo cultuado como ícone de moda e atitude, rádios piratas eram as mais sintonizadas e a liberdade sexual ganhava mais força. Os Beatles incorporam todas essas mudanças e no fim de uma década passaram por diferentes estilos musicais, posturas e ideais.