Fotos: Marcos Bacon

No último sábado, 24 de Janeiro, São Paulo recebeu a edição 2015 do MECA Festival, evento indie que contou com atrações da cena britânica como AlunaGeorge, Citizens! e La Roux como headliner do evento. O festival foi montado no Hangar 001 no Campo de Marte e, além das atrações gringas teve shows de Aldo The Band, Wannabe Jalva, Mahmundi, Glass n’ Glue, Serge Erege, e DJs que se dividiram em três tendas.

Atração principal do festival, o La Roux trouxe ao Brasil a turnê do disco Trouble In Paradise, o segundo álbum de estúdio lançado em Julho do ano passado. A apresentação de Elly Jackson ainda trouxe hits do primeiro trabalho, La Roux, de 2009, como “Bulletproof” e “In for The Kill”.

Com playback ou não, já que muitos momentos do show deixaram o público na dúvida, o show do La Roux foi divertidíssimo, festeiro e uma verdadeira celebração à música na pista do evento.

MECA Festival reúne nomes da cena indie britânica à nacional

Segundo o profissional autônomo Vinícios Maran, que esteve no show, ficou perceptível o capricho da organização do festival em cada detalhe. “Comida a preço justo, open bar de cerveja, barbeiro de graça. Fora que o lugar era ótimo, espaço suficiente pra todos verem os shows dançando de boa”, contou.

A dupla de música eletrônica AlunaGeorge foi uma das atrações mais esperadas. Sua primeira passagem pelo Brasil com a turnê de seu primeiro trabalho Body Music transformou o evento em uma verdadeira pista de dança.

A cantora Aluna Francis e o parceiro no dueto George Reid ficaram conhecidos no mundo todo com o hit “You Know You Like It”, música mais esperada pelo público, mas no festival, o grupo estava representado apenas por Aluna. Isso não impediu que a festa tomasse conta do MECA.

MECA Festival reúne nomes da cena indie britânica à nacional

O quinteto Citizens! também ganhou a plateia com seu som indie rock londrino. Tom Burke, Thom Rhoades, Martyn Richmond, Lawrence Diamond e Mike Evans apresentaram as canções de Here We Are, o primeiro disco da banda, lançado em 2012.

O festival aconteceu entre 15h e 0h, e teve um público predominante na faixa dos 18 e 25 anos. A plateia segue uma tendência na cidade de juntar gente da cena independente em festas de coletivos que têm realizado eventos em espaços públicos de uma maneira diferente dos clubes noturnos e festivais de música.

A percepção do público foi muito bacana, e segundo o analista de supply chain Wes Sotnas, com quem conversamos, a vibe do evento foi de confraternização. “As pessoas estavam à vontade, num espaço que proporciona essa leveza. O som estava nos conformes e, ao contrário de grandes festivais, a bebida estava inclusa no pacote e não foi superfaturada”, explicou.

Apesar do cancelamento do show do Years & Years, o público foi compensado com atrações brasileiras no mesmo nível. Abaixo, você confere a galeria de fotos com o que teve de melhor no evento:

Ouça o novo disco de Caetano Veloso!