O Pandora é um dos serviços de streaming mais utilizados nos Estados Unidos, e adota o sistema de uma rádio online.

Apesar dos números gordos quando o assunto são seus assinantes, o serviço parece não estar indo lá muito bem financeiramente e isso reflete no pagamento aos artistas.

De acordo com o site Digital Music News, a plataforma teria pago 2.700 dólares, ou cerca de 7 mil Reais ao rapper Pharrell por nada mais, nada menos do que 43 milhões de execuções do mega hit “Happy”.

Dessa forma, o Pandora pagou 60 dólares a cada 1 milhão de execuções da música, o que reacendeu a discussão a respeito dos valores que esses serviços, extremamente convenientes e práticos para os ouvintes, repassam aos artistas.

Estima-se que outra ferramenta semelhante, o Spotify, pague entre 0,006 e 0,0084 por execução de cada música em seu serviço, o que está longe de ser ideal mas teria rendido, na pior das hipóteses, 260 mil dólares ao músico que é atração do Lollapalooza Brasil em 2015.