Jimmy Page

jimmypagetelerama2014_638

Jimmy Page deu uma entrevista exclusiva para a Rolling Stone recentemente, onde conversou sobre o fim da banda após a morte do baterista John Bonham, em 1980, com 32 anos.

Questionado sobre o motivo pelo qual a banda não se curou do falecimento e se reconstruiu após o fato, o lendário guitarrista do Led afirmou que a banda não era uma entidade corporativa, e sim um “encontro de corações”, onde cada membro era de extrema importância para a soma total do grupo.

“Eu gosto de pensar que, se tivesse sido eu que não estava lá, os outros teriam tomado a mesma decisão. O que nós vamos fazer? Criar uma função para alguém, dizer: ‘Você tem que fazer isso, dessa maneira? Isso não seria honesto,” disse o guitarrista.

Em 2007, Jimmy Page e os outros integrantes vivos da banda, o vocalista Robert Plant e o multi-instrumentista John Paul Jones, estiveram no palco em uma apresentação única em Londres, acompanhados na bateria por Jason Bonham, filho de John Bonham.

A ocasião marcou a única vez em que a banda se reuniu depois da morte de John, em homenagem ao fundador da Atlantic Records e amigo pessoal do quarteto, Ahmet Ertegun, morto um ano antes. Sobre esse reencontro, Jimmy disse na entrevista que a intenção foi ensaiar o máximo possível, para que Jason se sentisse parte da banda na tarefa árdua de substituir o grande baterista original do Led Zeppelin.