Foto: Shaved Neck

O site Digital Music News voltou a publicar uma lista relacionada à vida dos músicos mundo afora e desta vez apontou seis coisas que eles detestam fazer de acordo com o músico de Los Angeles, Ari Herstand.

Veja na sequência e, se for músico, diga se concorda com os itens temidos pelos colegas de profissão.

Clique nos botões “Anterior” e “Próximo” ou navegue com as setas do teclado.

1 – Promover shows

Os músicos não gostam disso e também não gostam do fato de que a última vez que entraram em contato com os fãs foi para falar do seu último show e agora estão, novamente, falando de outra apresentação. Músicos não gostam de sair por aí distribuindo flyers e colando cartazes dos shows, nem publicar textos no Twitter e Facebook falando a respeito.

Mas os músicos entendem que isso é um mal necessário e acabam fazendo essas coisas porque acreditam em sua arte. Os músicos sabem que se não promoverem seus shows, ninguém vai, não haverá dinheiro, a casa de shows não vai convidar para outro show e nenhum organizador de eventos vai convidar o grupo para shows maiores.

Todas as bandas iniciantes tiveram que promover seus shows, mesmo os rockstars. Seja gente boa com os músicos e responda educadamente: a) “Obrigado pelo convite, estaremos lá!” b) conte-nos porque você não vai conseguir ir ao local do show naquele dia ou c) invente uma desculpa.

Se você não responder, os músicos irão achar que você os odeia. Músicos são sensíveis.

2 – Vender produtos da banda

Músicos não são vendedores. Eles não se sentem bem ao “empurrar” coisas para os fãs. Mas eles se esforçam para fazer um bom show e depois descer do palco correndo para a mesa de produtos da banda porque sabem que às vezes o dinheiro conseguido ali é o único dinheiro obtido no show de qualquer maneira.

Quando você estiver na dúvida se pega mais uma cerveja ou mais uma dose, não pegue. Guarde esse dinheiro para sua próxima camiseta favorita. Músicos aceitam cartão de crédito!

3 – Fazer shows de covers

Isso se aplica à categoria de “músicos originais.” Há bandas de covers por aí que só fazem isso. Eles amam isso. E isso é ótimo. É legal ficar bêbado com uma banda cover de Beatles. Mas músicos autorais só aceitam shows de 4 horas tocando covers por um motivo: dinheiro.

Por favor não torne a vida de um músico ainda mais difícil subindo bêbado no palco, brincando com seus amigos e derrubando cerveja no equipamento caro da banda. Por favor respeite o fato de que os artistas estão provendo entretenimento e são profissionais.

4 – Acordar cedo

Muito provavelmente quem está em banda ou fez um show na noite anterior ou estava no estúdio ou em um ensaio. Por favor não ligue antes das 10 da manhã. Não pense que vivemos as nossas vidas de acordo com as suas agendas. Respeite isso. Você gostaria que a gente te ligasse à uma da manhã depois que nosso expediente se encerrasse?

5 – Fazer shows pela “exposição”

Não ofereça um show a uma banda somente pela “exposição.” Isso é um insulto. Com isso você quer dizer: “Eu sei mais sobre a indústria da música que você e acho que esse show irá impulsionar a sua carreira mais do que 500 dólares. Não dou valor nenhum à música. Ah, e eu baixei ilegalmente todas as músicas que tenho em meu telefone.”

Da próxima vez, você pode ser convidado a ser barman na festa de um músico só pela exposição. Ah, e você vai ter que entrar com todo o álcool também. Nada estará no “backline.”

6 – Trabalhar em um emprego “normal”

Queridos chefes, não sejam chatos com músicos. O único motivo pelo qual eles estão nesse emprego é ganhar dinheiro enquanto a música não paga as contas. Não pense que eles irão passar a vida inteira aguentando você. Eles irão encontrar outro emprego ou fazer shows de covers.

Se você precisa descontar a sua “Síndrome do Pênis Pequeno” em cima de um empregado, escolha o Tom. Ele é chato e quer estar em seu lugar um dia.

Listas de bandas

Veja outras listas relacionadas a bandas e seus comportamentos nos links abaixo:

 

   
 
Compartilhar