iggy-pop-tortura-justin-bieber

Há alguns dias nós publicamos aqui um anúncio que a Anistia Internacional fez com uma imagem do roqueiro Iggy Pop, com diversas marcas e hematomas em seu rosto, dizendo que “Justin Bieber é o futuro do rock’n’roll.”

A ideia era se posicionar contra a tortura e chamar a atenção de barbáries e “confissões” que acabam sendo reveladas após o uso de tal prática.

Ao que tudo indica, a campanha foi utilizada sem a permissão do ícone do rock e uma carta de desculpas foi publicada pela AI:

Para gerar consciência a respeito de nossa campanha contra a tortura, a Anistia Internacional da Bélgica usou uma imagem de Iggy Pop sem a sua autorização.

Mesmo que tenhamos agido de boa fé, gostaríamos de pedir desculpas a Iggy Pop por tê-lo feito.

O objetivo principal dessa campanha é tentar influenciar as ideias das pessoas quanto ao uso da tortura. De acordo com pesquisas, um número impressionante de pessoas acreditam que a tortura “pode às vezes ser útil”; mais de 36% ainda acham que a tortura é justificável em alguns casos. Isso é inaceitável, e nós ilustramos essa realidade com a mensagem de que um homem que é torturado irá dizer qualquer coisa para escapar da dor, usando imagens provocantes e declarações que tivessem o efeito de chamar a atenção do público. Nós gostaríamos de deixar claro que a declaração atribuída a Iggy Pop de que ele acredita que Justin Bieber é o futuro do rock’n’roll não representa a opinião pessoal de Iggy mas foi parte do processo criativo dessa campanha e deveria ser irônica.

Será que Iggy Pop ficou bravo com essa história toda?