Oscar

Post feito em parceria com Nathália Pandeló, do Cinema de Buteco e que fez uma boa cobertura dessa temporada de premiações no blog dela.

Nesse domingo, as atenções de boa parte da mídia e de todo o Twitter e Facebook estarão voltadas para o Dolby Theatre em Los Angeles. Vai ser lá que a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas distribuirá um dos action figures mais desejados do mundo: o Oscar. Mas então, o que esperar do prêmio?

Sinto que esse ano a principal questão é definir se um filme é bom ou não pela quantidade de emoção que ele passou, seja pelas situações ou por uma ligação histórica com aquele tema, ou pela qualidade técnica ou narrativa. Você deve estar se perguntando “ué, mas não é uma soma dos dois?” e está muito certo em questionar, mas…  Sabe como é… Com um fundo político-comercial e não tão artístico, o Oscar funciona como um desfile de moda, mostrando tendências audiovisuais que podem vir a ser seguidas pelo mercado do cinema, em especial os que são afetados por Hollywood, como é o nosso. Se os filmes que mais merecem sua atenção não devem ganhar a da Academia, o TMDQA corrige isso.
Na próxima página você vai encontrar breves críticas sobre os filmes que você não pode deixar de ver nessa temporada do Oscar. Logo depois falaremos das categorias musicais, com as trilhas sonoras e as canções originais. Na última página falaremos de outros filmes que concorrem nas principais categorias e de filmes ótimos que foram ignorados.

Mas não acaba assim: comente abaixo dizendo quais seus favoritos, o que você gostou de ver no cinema, quais você acha que foram injustiçados.  Afinal é isso que importa no cinema (e em qualquer arte): discutir o quanto aquilo importou pra gente, acima de prêmios ou méritos.

Clique nos botões “Anterior” e “Próximo” ou navegue pelas setas do teclado.