4 – Rodrigo Amarante

Cavalo

Rodrigo Amarante - Cavalo

Se Marcelo Camelo esteve presente no disco de Wado, outro hermano também aparece por aqui, mas na sua estreia como artista solo.

Rodrigo Amarante lançou Cavalo em 2013 e mostrou uma melancolia muito particular aliada a arranjos e vocais que são só dele, tudo construído nos últimos anos onde o músico se associou a nomes como Devendra Banhart e passou boa parte do seu tempo nos Estados Unidos.

Belo e com uma ocasional pedida para dançar, Cavalo assusta pela “capa sem capa” ultra-mega-hipster, mas é acessível, gostoso e, por que não, surpreendente.