Festival DoSol 2013: primeiro dia (08/11/13)
 

6 – Plataforma DoSol

10 motivos para ir ao Festival DoSol 2013

Muito mais do que música, o DoSol e todas as iniciativas atreladas a ele fomentam cultura no estado do Rio Grande do Norte. Desde a organização de eventos como o Festival DoSol, o Circuito Cultural Ribeira, a Virada Cultura de Natal e diversos outros, até a produção, gravação e agenciamento de artistas e bandas novas e já consagradas.

A plataforma do DoSol tem papel mais do que fundamental na divulgação de tantas ótimas bandas da região (que têm despontado para o país nos últimos anos) e de outros locais do Brasil. Conforme consta no release oficial do evento:

Um dos principais focos do Festival Dosol nos últimos anos é investir na interiorização das atividades, levando capacitação, artistas e nova música a outras cidades do RN. Mossoró já chega a sua 4ª edição do festival e Caicó recebe o lineup do Dosol pela segunda vez. “A troca de tecnologia de produção e experiências que o Festival Dosol proporciona, tem mudado a cara da produção musical em Mossoró na área do rock. O festival gerou a vinda do Centro Cultural Dosol para cidade, proporcionou intercâmbios que estão levando artistas como Monster Coyote e Velociraptors para tocar até fora do país. Estamos muito animados pra essa edição. Será um ano de consolidação”. Diz Kalyl, um dos gestores do Festival Dosol em Mossoró.

Além de Mossoró, Caicó também tem ganhado destaque dentro da programação. “O Festival Dosol Caicó na verdade poderia ser chamado de Festival Dosol Seridó, porque ano passado recebemos gente de várias as cidades vizinhas como Santa Cruz, Currais Novos, entre outras. Foram quase 3.000 pessoas nos dois dias, ótimo número que nos surpreendeu bastante”. Diz Ana Morena, produtora geral do festival.