Bon Jovi - Uma Música de Cada Disco
 
Ouça o novo single da Majur!

O Bon Jovi é uma banda que surgiu no início dos anos 80, quando o vocalista Jon Bon Jovi, após várias tentativas frustradas ao tentar conseguir contrato com uma gravadora, emplacou com o hit “Runaway”.

Após o repentino sucesso, o músico logo recrutou integrantes para formar definitivamente uma das bandas mais conhecidas em todo o mundo.

Com 12 discos de estúdio lançados, o Bon Jovi possui 30 anos de carreira repleto de altos e baixos, e com diversas músicas de sucesso. Além disso, a banda também é conhecida por sua variação de estilos entre o rock, country e sua legião de faixas românticas, uma de suas principais marcas registradas.

Os caras se apresentarão no Rock In Rio, seguido de outra apresentação em São Paulo. Por conta disso, que tal relembrar cada era da banda com “Uma Música de Cada Disco” nas próximas páginas?

Clique nos botões “Anterior” e “Próximo” ou navegue usando as setas do teclado.

Bon Jovi - Uma Música de Cada Disco

BON JOVI (1984)

“She Don’t Know Me”

O primeiro disco do Bon Jovi foi lançado no início de 1984, após o vocalista Jon Bon Jovi finalmente ter convocado Richie Sambora, Alec John Such, David Bryan e Tico Torres como integrantes.

O álbum foi gravado após o repentino sucesso da faixa “Runaway”, no verão de 1983. A música foi gravada por Jon em companhia de músicos contratados, conhecidos como The All Star Review, com Tim Pierce na guitarra, Roy Bittan nos teclados, Frankie LaRocka na bateria e Hugh McDonald no baixo.

Já com a banda oficialmente formada, eles conseguiram assinar contrato com a PolyGram e lançar então o álbum homônimo. Bon Jovi teve desempenho satisfatório, conseguindo na época disco de ouro nos Estados Unidos, por vender mais de 500 mil cópias, algo bastante favorável para o material de estreia de uma banda de rock.

A faixa escolhida fica para “She Don’t Know Me”, segundo single do álbum e que aborda um dos principais temas das músicas da banda, amor.

Bon Jovi - Uma Música de Cada Disco

7800º FAHRENHEIT (1985)

“In And Out Love”

Após o sucesso modesto de seu álbum de estreia, era hora do Bon Jovi dar o próximo passo.

O segundo disco da banda, 7800º Fahrenheit, foi lançado um ano depois que Bon Jovi, mas não obteve o mesmo sucesso que seu antecessor. O material teve uma recepção bastante fraca tanto pelo público, quanto pela mídia.

Aqui ficamos com “In And Out Love”, faixa que abre os trabalhos do disco, além de ter sido o primeiro single trabalhado. Realmente essa é a única música do álbum que dá para ouvir.

Bon Jovi - Uma Música de Cada Disco

SLIPPERY WHEN WET (1986)

“Livin’ On A Prayer”

Após o fracasso de seu segundo o álbum, o Bon Jovi não queria repetir a falta de sorte adquirida. Para isso, a banda convocou o compositor Desmond Child, que já trabalhou com Aerosmith, Dream Theather, Scorpions, entre outros para escrever as faixas do novo trabalho.

Dessa parceria surgiu o brilhante Slippery When Wet, terceiro disco da banda, que foi um verdadeiro sucesso. O álbum vendeu mais de 28 milhões de cópias em todo o mundo, entrando na lista dos “200 álbuns definitivos no Rock And Roll Hall of Fame”.

Além disso, o álbum se tornou um dos mais vendidos na história do rock, rendendo grandes sucessos como “You Give Love a Bad Name”, “Livin’ On A Prayer” e “Wanted Dead or Alive”.

Das faixas citadas, destaque principalmente para “Livin’ On A Prayer”, que é um dos maiores hits da bandado grupo até hoje, e que quase não entrou no disco. O vocalista Jon Bon Jovi cogitou a hipótese de descartá-la na seleção final das músicas, mas acabou sendo convencido pelo guitarrista Richie Sambora a mudar de ideia.

Bon Jovi - Uma Música de Cada Disco

NEW JERSEY (1988)

“I’ll Be There For You”

Com o estrondoso sucesso de Slippery When Wet, a banda queria mostrar que os frutos colhidos daquele disco não era algo temporário. Por conta disso, eles emendaram o término da turnê mundial de divulgação do álbum para gravar o seu quarto material.

Em 1988 o Bon Jovi então lançava New Jersey. A princípio, o álbum seria duplo e se chamaria Sons Of Beaches, o que acabou não acontecendo. O título é em homenagem à cidade natal deles.

O disco fez bastante sucesso, rendendo diversas faixas que estão na cabeça do público até hoje. Apesar do bom desempenho que New Jersey teve, a agenda exaustiva que a banda teve de um trabalho para outro quase destruiu a relação entre Jon Bon Jovi e Richie Sambora, gerando a primeira crise do grupo.

“I’ll Be There For You” merece o destaque da era, por ser uma das músicas da banda que faz sucesso até hoje, e por conta disso está sempre presente no repertório das apresentações deles. A faixa é uma das baladas mais poderosas do Bon Jovi, e com certeza é trilha sonora de grande parte dos casais apaixonados, fãs ou não deles.

Bon Jovi - Uma Música de Cada Disco

KEEP THE FAITH (1992)

“Fear”

Após o fim dos trabalhos do bem sucedido New Jersey, a banda decidiu dar um tempo em suas atividades. Com essa decisão, Jon Bon Jovi e Richie Sambora decidiram sair em projetos solos, que acabaram tendo certa notoriedade, principalmente por parte do vocalista do grupo, que emplacou com o álbum Blaze Of Glory.

Em 1992 os caras voltam a se reunir, entrando em estúdio para gravar o quinto disco. No mesmo ano é lançado então Keep The Faith, que a princípio se chamaria Revenge.

Diferente de seus trabalhos anteriores, o Bon Jovi decide investir mais em temas sociais do que músicas que falam sobre amor. Com uma premissa mais ousada por conta disso, Keep The Faith teve boa receptividade, gerando grandes sucessos como “Keep The Faith”, “In These Arms” e a mega balada “Bed Of Roses”.

O destaque aqui fica para “Fear”, que não se tornou single, mas que atende exatamente ao propósito da banda em relação ao álbum. A música retrata uma forma realista da sociedade, sendo uma música cheia de atitude e com refrões bem explosivos.

Bon Jovi - Uma Música de Cada Disco

THESE DAYS (1995)

“Something To Believe In”

Um ano antes de lançar o seu sexto disco de inéditas, o Bon Jovi divulgou antes a sua primeira coletânea, chamada Cross Road. O compilado reuniu os maiores hits da banda, mas o destaque mesmo ficou por conta da balada romântica “Always”, se tornando um dos maiores sucessos deles até hoje.

Em 1995 via, então, a luz do dia o álbum These Days. Nele a banda decidiu se aprofundar mais em temas sociais, fazendo do material uma versão bem mais madura do que foi Keep The Faith. Músicas como “These Days” e a balada “This Ain’t A Love Song” foram apenas alguns sucessos extraídos do disco.

A turnê mundial do álbum foi uma das mais bem sucedidas dos caras, passando por diversos países como o Brasil, e lotando todos os lugares que passavam.

A faixa “Something To Believe In” não se tornou single, mas merece destaque por conta de sua intensidade. A letra retrata a questão de uma pessoa no que acreditar para seguir em sua vida. A religião e o uso de drogas são as grandes questões que a música aborda.

Bon Jovi - Uma Música de Cada Disco

CRUSH (2000)

“It’s My Life”

Crush foi o primeiro álbum lançado pelo Bon Jovi depois de cinco anos. A banda entrou por um novo e mais longo período de hiato, onde Jon e Richie se dedicaram novamente em suas respectivas carreiras solos, que foram bem aclamadas pelo público e mídia. O vocalista inclusive, acabou vindo novamente ao Brasil, onde passou por diversos programas de TV para divulgar o novo trabalho.

O sétimo disco da banda foi lançado em 2000, quando a onda da música do pop estourou com tudo. Mesmo assim, a banda emplacou logo de cara com a agitada e viciante “It’s My Life”, um dos maiores sucessos da banda, que acabou conquistando principalmente a nova geração, numa época em que boybands e cantoras pop dominavam as paradas musicais. A faixa, é tocada até hoje pela banda em seus shows, e é uma das mais queridas pelo público, fãs ou não.

Bon Jovi - Uma Música de Cada Disco

BOUNCE (2002)

“Undivided”

Para o seu oitavo disco, o Bon Jovi decidiu investir em algo mais moderno e com ares mais pesados. Bounce foi lançado em 2002, e abordou em algumas de suas músicas os atentados de 11 de Setembro, ocorridos no ano anterior.

O álbum teve três singles trabalhados “Everyday”, “Misunderstood” e “All About Lovin’ You”, em que a segunda música teve um desempenho melhor em relação às demais.

“Undivided” abre o álbum, e possui uma letra bem intensa, por abordar exatamente sobre os atentados terroristas que parou o mundo. A faixa com certeza é uma daquelas que foi lançada no momento certo.

Bon Jovi - Uma Música de Cada Disco

HAVE A NICE DAY (2005)

“Who Says You Can’t Go Home”

O nono disco do Bon Jovi foi marcado por diversos motivos. O primeiro por conta de seu satisfatório sucesso, com o primeiro single tendo um desempenho favorável e a banda sair em turnê logo após o lançamento do álbum. Os shows da banda fizeram tanto sucesso, que eles acabaram ganhando dois prêmios Billboard Awards de “Melhor Turnê” e “Melhor Show”.

Outro fator que levou Have A Nice Day ficar marcado entre os trabalhos já lançado pela banda, foi por conta deles investirem também mais no lado country.

A faixa “Who Says You Can’t Go Home”, em dueto com a cantora Jennifer Nettles, foi a música mais bem sucedida do álbum. O sucesso foi tão grande, que o single se tornou o primeiro de uma banda de rock a liderar as paradas country na história da música.

Bon Jovi - Uma Música de Cada Disco

LOST HIGHWAY (2007)

“Seat Next To You”

Após o sucesso das influências country em Have A Nice Day, a banda decidiu investir mais pesado no gênero em seu sucessor.

Lost Highway foi o primeiro álbum do Bon Jovi a atingir o topo dos discos mais vendidos da Billboard depois de quase vinte anos, desde New Jersey de 1988. Apesar da mesclagem entre o rock e country, o material teve uma receptividade bastante aceitável.

“Seat Next To You” é uma balada que apesar de country, mostra a verdadeira essência de boa parte das músicas da banda quando o assunto é sobre amor.

Bon Jovi - Uma Música de Cada Disco

THE CIRCLE (2009)

“Superman Tonight”

Depois de terem experimentado um lado mais country, o Bon Jovi estava disposto em voltar às origens em seu décimo primeiro disco. O guitarrista Richie Sambora garantiu que o novo material traria de volta o rock que consagrou a banda.

Ao lançar o primeiro single do novo trabalho, “We Weren’t Born To Follow”, os fãs se decepcionaram inicialmente com a música, esperando mais por solos de Richie. A banda ouviu a queixa dos fãs, e ao lançar o clipe da faixa, foi notável uma certa mudança dela.

A turnê do álbum foi uma das mais bem sucedidas da história da banda, lotando todos os lugares por onde a banda passou, sendo também a mais lucrativa, arrecadando mais de 200 milhões de dólares. A apresentação feita por eles no Rock In Rio em Madrid, no ano de 2010, foi considerado um dos melhores shows da carreira da banda. Além disso, eles voltaram para a América Latina após 15 anos, onde fizeram dois shows memoráveis em São Paulo e no Rio de Janeiro.

The Circle também atingiu o topo da Billboard dos discos mais vendidos, e teve singles que caíram no gosto do público. Entre eles está a balada “Superman Tonight”, que mostra exatamente que a banda conquistou de volta o seu estilo principal, após tentarem a experiência de novos estilos em seus últimos álbuns.

Bon Jovi - Uma Música de Cada Disco

WHAT ABOUT NOW (2013)

“I’m With You”

Após os bons frutos da era The Circle, a banda fez um pequeno hiato para descansar a imagem, e no início do ano lançou seu décimo segundo disco de estúdio.

What About Now veio com uma premissa de abordar mais as questões sociais e intensificar mais o rock. Apesar de ter alcançado novamente o topo dos discos mais vendidos, ainda ficou faltando algo para o material soar mais parecido com os trabalhos anteriores da banda.

No meio de tantos tropeços, os caras acertaram em ter no repertório do álbum a balada “I’m With You”. A faixa é uma das poucas que mostra aquele Bon Jovi dos anos 80 que conquistou o mundo com suas músicas sobre amor, adquirindo uma grande legião de fãs a cada trabalho que era lançado. Com certeza caso a música venha se tornar single e ser bem trabalhada, tem chances sim de se tornar um sucesso bastante significativo a eles.