MP do Maranhão denuncia produtores do festival Metal Open Air
 

MP do Maranhão denuncia produtores do festival Metal Open Air

Na última semana, a 2ª Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor do Maranhão denunciou os organizadores do festival Metal Open Air, que foi parcialmente realizado em 2012, por crimes de estelionato e indução do consumidor.

Vão responder pelo processo os organizadores do festival Luiz Felipe Negri de Mello e Natanael Francisco Ferreira Junior. O Metal Open Air estava marcado para os dias 20, 21 e 22 de Abril do ano passado, e tinha tudo para ser consolidado como o maior festival de metal do país. O evento acabou sendo cancelado por falta de estrutura e bandas que não compareceram por falta de pagamento.

A promotoria pede o congelamento dos bens de ambos os produtores, assim como das respectivas empresas, Negri Produções Artísticas e Lamparina Produções.

Anunciado como o maior festival metaleiro das Américas, o Metal Open Air tinha na programação a vinda do ator Charlie Sheen como convidado especial, além de 47 bandas, nacionais e internacionais. Entre os headliners, apenas o Megadeth subiu ao palco.

O Ministério Público maranhense pede a condenação dos produtores por danos morais e materiais causados aos consumidores, devolução dos valores pagos, entre outras despesas, além da indenização de R$ 2 milhões, valor que será revertido ao Fundo Estadual de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor.

Fonte: Van do Halen

RELEMBRE O CASO

Lineup de deixar qualquer metaleiro de joelhos: Rock and Roll All Stars, Venom, Anthrax, Blind Guardian, Symphony X, Exodus, Matanza, André Matos, Korzuz e Ratos de Porão, só pra citar algumas.

O evento aconteceu em São Luís-MA e contou apenas com o show do Megadeth. A organização errou feio na infraestrutura e não pagou as bandas que, é claro, não viriam de graça. Os ingressos custaram de R$ 250 a R$ 850.

Confira abaixo um trecho da apresentação do Megadeth: