Morre o produtor Phil Ramone
 
Ouça o novo single da Majur!

Morre o produtor Phil Ramone

Morreu na manhã do último sábado, dia 30 de Março, o produtor Phil Ramone. Phil tinha 79 anos e trabalhou em álbuns clássicos de Frank Sinatra, Barbra Streisand, Bob Dylan, Ray Charles, Paul Simon, Billy Joel, entre outros.

Com uma carreira de 50 anos na indústria da música, Ramone morreu no New York Presbyterian Hosptial. Ele estava internado deste o final do mês de Fevereiro por conta de uma aneurisma na aorta.

Phil foi nomeado 33 vezes para o Grammy e ganhou 14 prêmios, sendo o primeiro em 1965 por ter trabalhado como engenheiro no Getz/Gilberto, disco que popularizou a bossa nova. Nos anos 70, recebeu o Grammy três vezes: Melhor Álbum de Musical pela produção de Promises, Promises (1970), Álbum do Ano por produzir Still Crazy After All These Years, de Paul Simon (1976) e Gravação do Ano por produzir “Just the Way You Are”, de Billy Joel (1979).

Nos anos 80, Ramone recebeu mais três prêmios: Álbum do Ano por produzir 52nd Street, de Billy Joel (1980), Produtor do Ano (1981) e Melhor Álbum de Trilha Sonora por Flashdance (1984). Em 1995 ele ganhou o Grammy de Melhor Álbum de Musical por produzir Passion.

E nos últimos 10 anos, o produtor recebeu 6 Grammys, com destaque para o ano de 2006, quando recebeu os prêmios de Álbum do Ano e Melhor Álbum com Som Surrond por produzir Genius Loves Company, de Ray Charles.

Phil Ramone recebeu o apelido de “Papa do Pop”, algo que ele disse que não era para ser levado a sério em 1996 em uma entrevista para a Billboard.

Após a notícia de sua morte, vários músicos falaram sobre o assunto. Tony Bennett, com quem Phil trabalhou recentemente, disse o seguinte:

Phil Ramone foi uma pessoa amável e um músico e produtor muito talentoso. Foi um prazer tê-lo comigo em vários projetos bem como ter seu senso de humor e seu profundo amor pela música. Phil tem a admiração e o respeito de todos da indústria do entretenimento e sua morte é uma grande perda.

Fonte: Billboard