Sean Parker, Lars Ulrich e Daniel Ek
(Foto por Kevin Mazur)

O Metallica divulgou que todas as músicas de seus álbuns estão, agora, disponíveis no Spotify. Confira trecho do anúncio oficial:

(…).

Em nossa busca incessante para ter o controle total de como nossa música é apresentada, nós sempre fazemos questão de ter certeza que estamos oferecendo o melhor serviço através de parcerias com empresas de tecnologia de ponta. Com isso, estamos extremamente orgulhosos por fazer parte do Spotify, que não só tem um belo histórico, mas é, de longe, o melhor serviço de streaming.

(…).

Estamos sempre à procura de maneiras para oferecer nossa música para vocês, seja através de vídeos ao vivo em nosso site, seja oferecendo download dos nossos shows no LiveMetallica.com. Entrar para o Spotify foi o próximo passo lógico e nós estamos ansiosos para ver o que o futuro vai trazer!

Para quem não lembra, em 2000, o Metallica entrou com uma ação contra o Napster, alegando que o programa de compartilhamento de música, um dos primeiros, era ilegal, pois permitia que as pessoas fizessem download de músicas da banda sem o pagamento de royalties.

Porém, na conferência do Spotify, a que apresentou o catálogo do Metallica no serviço de streaming, Lars Ulrich, principal porta-voz na briga contra o Napster, esteve presente ao lado de ninguém menos que o criador do serviço pioneiro e atual investidor do Spotify, Sean Parker.

O baterista falou sobre os acontecimentos do início dos anos 2000 e também falou sobre seu encontro com Parker meses atrás:

Quando me encontrei com Parker meses atrás, vimos que nossa batalha havia acabado. Nós percebemos, de forma atrasada, que tínhamos muitas coisas em comum e sentamos. Nós éramos jovens, talvez ignorantes. Sentamos e tivemos uma conversa de coração para coração.

Ulrich ainda falou sobre a busca pelo controle das músicas do Metallica:

Nunca foi pelo dinheiro, sempre foi pelo controle. Foi sobre estar dentro de uma bolha e controlar o acesso. Se o Napster tivesse se aproximado primeiro e dado opções, talvez isso tudo pudesse ter sido diferente. No lugar disso, o controle foi tirado de nós. Se transformou em: “Se você nos ferrar, nós vamos ferrar você”. E no lugar de ser “Napster contra o Metallica”, isso se tornou em “Metallica contra seus fãs”.

Finalizando, Lars falou sobre o Spotify: “Quando eu usei o Spotify pela primeira vez, fiquei espantado com a facilidade. Foi muito fácil e foi feito para os fãs”.

Aproveitando, o Metallica divulgou mais dois vídeos do seu novo registro ao vivo, o Quebec Magnetic. Confira abaixo a perfomance de “The Four Horsemen” e de “My Apocalypse” e clique aqui para mais informações sobre o material.