John-Lennon
 

Hoje o rock´n´roll e a paz mundial relembram que há 32 anos Mark Chapman acertou quatro tiros no homem que representava a luta pela paz e pela igualdade com sua música. John Lennon, uma lenda do rock ou simplesmente uma lenda, morria na frente do prédio onde morava com a esposa Yoko Ono.

Por ter marcado a vida de gerações, amigos, familiares e fãs, Lennon recebeu diversas homenagens após sua morte. Algumas delas são as músicas que você ouve na sequência.

 

George Harrison – All Those Years Ago

Um dos primeiros registros em homenagem a John, “All Those Years Ago” foi composta inicialmente por George Harrison para que Ringo Starr gravasse, mas este não gostou da canção e não achava que conseguiria o alcance vocal que ela precisava. O som está no álbum Somewhere in England e passou várias semanas nas paradas do Reino Unido e dos EUA.

 

Paul McCartney – Here Today

john-lennon-e-paul-mccartney

Em 1982 o melhor amigo de Lennon fez uma homenagem ao cantor e companheiro de banda. A música se chama “Here Today” e fala um pouco sobre como a vida seria mais bela se Lennon ainda estivesse por aqui. Até hoje a canção (originalmente gravada para o álbum Tug of War) aparece nos shows do cantor, momento em que ele quase sempre se emociona.

 

Ringo Starr – Peace Dream

ringo-starr-e-john-lennon

O último dos ex-beatles a homenagear o companheiro de banda foi Ringo Starr, mas em 2010 ele o fez. A canção faz parte do álbum Y Not e tem a participação de Paul McCartney no baixo. Na música, Ringo fala de como tudo seria diferente se o mundo desse uma chance a paz, como Lennon dizia. Apesar de tardia para alguns, a homenagem é uma das mais bonitas.

 

Elton John – Empty Garden

elton-john-e-john-lennon

Essa foi gravada em 1982 para o álbum Jump Up e se só a história da composição já faz chorar, imagine a música. Certo dia Elton John passava pela frente da antiga casa do amigo John Lennon, quando reparou que o jardim estava vazio, sem nada. Foi esse o pontapé inicial para a composição de “Empty Garden”. A música fala sobre os melhores anos da juventude de um “jardineiro” que não está mais lá para cuidar de seu jardim e que não vai mais sair para tocar, para surpresa e pesar de todos.

Bob Dylan – Roll On John

Dylan e Lennon

O mais novo disco de Bob Dylan (que aparece em um dos nossos “Vazou!”) traz uma homenagem sincera daquele que foi uma das inspirações de Lennon. “Roll On John” é a última música do disco e traz referências a músicas como “Come Together” e “A Day In The Life”.

 

Queen – Life is Real

O Queen registrou seu tributo à Lennon em 1982 com uma música que fala sobre a vida e sobre como é duro estar vivo. A canção está no álbum Hot Space e menciona o cantor no verso “Music will be my mistress / Loving like a whore / Lennon is a genius / Living in ev’ry pore / Life is real life is real / Life is real so real”. O nome da música também é uma homenagem: faz referência à canção “Love” de Lennon e ao verso “Nothing is real” da canção dos Beatles “Strawberry Fields Forever”.

 

Paul Simon – The Late Great Johnny Ace

paul-simon-and-john-lennon

Esses dois foram vistos juntos na cerimônia do Grammy de 1974. Na ocasião, John fez piada dizendo que “costumava tocar com seu parceiro Paul” enquanto Paul aproveitou para dizer que “costumava tocar com seu parceiro Art”. Risadas à parte, Simon registrou sua homenagem à Lennon e também à John Kennedy, outro John assassinado, este em 1963, coincidentemente no início da Beatlemania.

 

David Gilmour – Murder

david_gilmour

O guitarrista do Pink Floyd também fez sua homenagem à Lennon. Depois do sucesso estrondoso de The Wall e dos rumores sobre o fim da banda causados pelo álbum solo de Roger Waters, Gilmour também lançou seu segundo trabalho solo: About Face. De 1984, uma das canções era justamente “Murder”, música em que Gilmour mostra seus sentimentos em relação ao assassinato de John e aproveita para falar de sua relação com Waters.

 

The Cranberries – I Just Shot John Lennon

The-Cranberries

A primeira música que fala um pouco da visão do assassino de Lennon foi gravada pelo Cranberries em 1996 e seu título foi a primeira frase que Chapman disse após matar o ídolo. A música conta a história do triste dia de 1980 e acaba com o som dos 5 tiros disparados, quatro deles que acertaram em cheio.

 

Odair José – Eu queria ser John Lennon

Odair-José

Aqui no Brasil o beatle também recebeu uma homenagem: o cantor Odair José usou a melodia de “Imagine” para compor uma canção de amor em que ele diz que gostaria de várias coisas para impressionar sua amada, entre elas, ser John Lennon.

 

Julian Lennon – Too Late For Goodbye

john and julian lennon

É claro que não podia faltar uma música do filho por aqui, não é? Em 1984 Julian gravou uma música em que ele dizia exatamente como se sentia em relação ao pai. É claro que é uma música muito triste, mas ouvir o som faz entender perfeitamente como é que o primeiro filho de Lennon (e o mais parecido com ele) se sentiu com a morte do pai. Por vezes, a voz dos dois é tão parecida que parece que a música foi gravada por John e não por Julian.