BiD

As roupas da galera que enfrentou a chuva paulista para chegar ao SESC Pompéia no último sábado, 24 de março, já diziam a que vinha aquela multidão: em algum lugar haveria um grande show de reggae. Era a reunião de grandes nomes da música jamaicana com brasileiros como Anelis Assumpção e Karina Buhr, o Bambas Dois.  A ideia de BiD, produtor e guitarrista animadão, era misturar os ritmos nordestinos mais tradicionais, como o forró, o xote e o xaxado com o reggae e outros ritmos jamaicanos. O resultado foi um show lotado de amantes do reggae que queriam ver aquele terceiro elemento, que não podia ser só reggae e nem só xote.

Para começar Priests entrou no palco para tocar “Naya”, uma oração a Jah para promover o amor e a paz do início ao fim do espetáculo. Em seguida, foi a vez de Dada Yute animar a galera com a energia de “Music For All, que incluiu o triângulo, a zabumba e a sanfona na festa e fez a galera dançar o que poderia ser uma boa mistura de reggae com frevo.

Anelis Assumpção

Anelis Assumpção subiu em seguida no palco para fazer a galera agitar com “Little Johnny“, “Chiquinha” e “No, No, No“, esta última chamando um fã do meio da galera para a frente do palco e se ajoelhando para cantar a música para ele.   A música seguinte começou com uns metais intensos e a voz de Karina Buhr misturada com os refrões de Jesse. Era Sheeba, lembrando um pouco de Ska e de Maracatú com uns versinhos repetidos no meio do que parecia ser uma nova oração.

Jesse_Karina_Buhr

Em seguida Jesse assumiu o microfone para cantar “Talk to Me” e “Butterfly” que traziam a essência da música jamaicana para cima do palco, intercalada às declarações de amor ao Brasil e a sua música que Jesse não perdia uma oportunidade de fazer. Depois, foi a vez de Luciano que, entre outras, cantou”Something“, uma versão ska do clássico de George Harrison e, a cada nova música, questionava os presentes: “Are you felling this?”, seu jeito de dizer que aquela oportunidade era única.

Luciano

Quando Dada voltou ao palco, parecia que todos já sabiam que a próxima música seria “Only Jah Love” (veja o clipe oficial abaixo), que fez todo o público cantar, dançar e repetir sem parar os versos, conforme as orientações do cantor. Para finalizar “Legalize it” e um bis de “No, No, No” com todos os participantes de volta no palco. E como para o Bambas Dois o show não podia ter fim, Priest voltou ao palco para terminar tudo do jeitinho que tinha começado.

Apesar de conter misturas ricas de ritmos brasileiros, a festa foi mesmo jamaicana. O que não foi de forma alguma um incômodo para aqueles que, apesar da hora já avançada, só saíram do SESC depois do último segundo do show.