Metallica reúne grandes nomes em show comemorativo

Nos últimos dias 5, 7, 9 e 10 de dezembro, o Metallica fez mais quatro shows em comemoração aos seus 30 anos de carreira. O local dessas quatro apresentações foi o The Fillmore, em São Francisco, Califórnia. Com informações do Antiquiet.

Das quatro apresentações, a do dia 10 foi apenas para os membros do fã clube oficial da banda. Isso não foi a única diferença entre os shows. Os setlist mudaram a cada noite, algumas músicas que quase nunca eram tocadas ao vivo tiveram sua chance a cada subida do Metallica no palco, bem como artistas convidados e até mesmo novas canções.

Além das já divulgadas “Hate Train” e “Just a Bullet Away”, a banda ainda tocou “Hell And Back” e “Rebel of Babylon”. Essas canções foram deixadas de fora do Death Magnetic, álbum de 2008. Das estreias, o Metallica mandou “Carpe Diem Baby” e “To Live Is To Die”.

Deixando de lado as músicas, que por si só já seriam o suficiente para um show, juntaram-se ao Metallica diversos convidados. O antigo baixista, Jason Newsted, tocou com o grupo em algumas canções nos quatro shows. O Mercyful Fate, antiga banda do King Diamond, também fez sua participação, bem como Lou Reed e Marianne Faithfull.

Especificamente no dia 9, quem se fez presente foi Glenn Danzig para tocar três covers da banda que fundou, o Misfits. Rob Halford cantou uma do Judas Priest e uma série de músicos ajudou em “Tueday’s Gone”, cover do Lynyrd Skynyrd.

Não bastassem todas essas músicas e convidados, o Metallica ainda conseguiu reunir o baixista e o vocalista do Black Sabbath, Geezer Butler e Ozzy, respectivamente, para três covers do grupo.

E por útlimo, quem subiu ao palco foi Dave Mustaine, líder do Megadeth e que teve uma passagem rápida pelo Metallica nos anos 80. Na época, ele foi expulso da banda por abusar de drogas e álcool. Com Dave, o quarteto executou “Phantom Lord”, do álbum Kill ‘Em All. Ainda durante as músicas com Mustaine, o ex-baixista do grupo, Ron McGovney, e o guitarrista Lloyd Grant, que fez o solo da música “Hit The Lights”, uma das primeiras do grupo, se juntaram para a grande reunião do line-up do Metallica.

Fonte: Antiquiet