Musica Diablo

Agressivo. Este seria o termo encontrado para definir o som do Musica Diablo.
Sem nenhum show realizado até hoje, o Musica Diablo já vem fazendo um tremendo barulho em todos os sentidos no meio musical e ganhando espaço que não foram alcançados por muitas bandas com anos de estrada.
A formação do Musica Diablo é composta por Derrick Green (Sepultura) nos vocais, André NM (Nitrominds) na guitarra, Andre Curci (Threat) na guitarra, Ricardo Briga (Ex-Siegrid Ingrid e camarada das antigas) no baixo e Edu Nicollini (Nitrominds) na bateria, que substituiu Marcão (Ação Direta e Dead Fish), integrante da primeira formação da banda.

O debut do Musica Diablo tem lançamento previsto para dia 28 de maio, coincidindo com a Turnê que a banda fará pela Europa.

O disco foi gravado no Rio de Janeiro, no estúdio da Deck Disc, e teve como produtor Rafael Ramos. Outro detalhe interessante é que o disco terá duas capas diferentes, ainda não divulgadas, uma capa para o Brasil e outra para Europa.

O primeiro show da banda será em Berlim, abrindo a sequência de shows da turne Europeia, conforme abaixo:

26 mai 2010 20:00
MUSICA DIABLO – TBA Berlin
27 mai 2010 20:00
MUSICA DIABLO – TBA Tba
28 mai 2010 20:00
MUSICA DIABLO – Atmosfear RACIBÓRZ
29 mai 2010 20:00
MUSICA DIABLO -Lodenice Club BENATKY NAD JIZEROU
30 mai 2010 20:00
MUSICA DIABLO – TBA Tba
31 mai 2010 20:00
MUSICA DIABLO – Viper Room Vienna
1 jun 2010 20:00
MUSICA DIABLO – Channel Zero LJUBLJANA
2 jun 2010 20:00
MUSICA DIABLO – Bergwerk MILLSTATT
3 jun 2010 20:00
MUSICA DIABLO – TBA 
4 jun 2010 20:00
Wilvarin Festival Elledorf
5 jun 2010 20:00
MUSICA DIABLO – TBA tba
6 jun 2010 20:00
MUSICA DIABLO – TBA Tba

Abaixo um vídeo dos bastidores da gravação do disco:


 

As novidades não param por ai. A distribuidora que irá lançar o Musica Diablo é a SAOL – Service For Artist Owned Labels, responsável pela distribuição de grandes nomes na Europa como Deep Purple, Saxon, Savatage, Ac/Dc, Aerosmith entre outras. Já dá pra se imaginar o que vem por ai né?

Agora nos resta aguardar um show do Musica Diablo por terras brasileiras.

The Middle Class

O The Middle Class é considerado por muitos a primeira banda de Hardcore do mundo. Discussões a parte, a banda realmente fazia um som diferencial para a época.

EP “Out of Vogue” em 1978, que foi aclamado como uma das gravações mais influentes da era do punk rock originário dos anos 70, e até então só poderia ser encontrado em sites como Ebay por preços exorbitantes.

Agora a novidade! O EP foi relançado pela Frontie Records e pode ser  encontrado por um preço bem acessível, em versão LP e CD através deste link.

A música título “Out of Vogue” foi considerada a primeira música do estílo Hardcore. Será? Ai fica a dúvida… Confiram vocês mesmos:

 

U2

O  U2 reaparece no TMDQA! com mais um lançamento inédito. Trata-se de “Artificial horizon”, que tras 13 faixas da carreira do U2 remixadas por grandes nomes da música eletrônica e indie. Hot Chip, David Holmes, Trent Reznor (do Nine Inch Nails) e Justice fazem parte do disco.

O disco será lançado em vinil triplo na cor roxa e pode ser encontrado em pré-venda através deste link.


Abaixo o track-list do disco e os responsáveis pelo remix de cada música:

“Elevation” (Influx mix)
“Fast cars” (Jacknife Lee mix)
“Get on your boots” (Fish Out Of Water mix)
“Vertigo” (Trent Reznor remix)
“Magnificent” (Falke Radio mix)
“I’ll go crazy if i don’t go crazy tonight” (Live U2360 remix)
“Beautiful day” (David Holmes remix)
“Staring at the sun” (Monster Truck remix)
“Happiness is a warm gun” (Danny Saber mix)
“Get on yer boots” (Justice remix)
“City of blinding lights” (Hot Chip 2006 remix)
“If god will send his angels” (Grand Jury mix)
“Staring at the sun” (Brothers In Rhythm ambient mix)

Leatherface


A legendária banda de punk rock Leatherface está de volta com um novo disco, para a alegria de seus fãs.  Stormy Petrel  foi lançado pela No Idea Records com uma versão diferente da versão que foi lançada no mercado. Somente pelo sites dos caras é possível encontrar esse disco em vinil duplo, vermelho e em 45 rotações, limitada à 500 cópias. Já a versão que será vendida em outros sites e lojas terá 1 vinil em rotação mais tradicional, ou seja, 33 rotações.

O disco em versão limitada pode ser encontrado nesse link, assim como a versão em cd.

Fabio Elias

Fabio Elias, vocalista da banda Relespública, está com um projeto solo um tanto quanto inusitado.
Fugindo totalmente da fase Rock and Roll, e com o intuito (segundo ele) de resgatar suas origens, Fabio Elias lança o primeiro disco de sua carreira solo, entitulado “Me dê um pedaço teu”, que trás como estilo desde moda de viola, passando pelo sertanejo universitário, batidão,  country, acústico e chegando finalmente ao brega.
Difícil de entender e de acreditar quando se fala do Fabio Elias da Relespública, mas quem o conhece pessoalmente sabe que como músico ele se desprende de títulos e rótulos e faz música para atingir e transformar a todos.

Esse novo disco causou muita discussão entre os fãs da banda, em um tópico criado na comunidade do Relespública. Muitos fãs indignados, outros defendendo o ponto de vista de Fabio, mas a verdade é que ele mesmo está feliz com sua nova fase e não liga para nada disso.  A Relespublica sempre existirá enquanto os integrantes estiverem vivos e, quanto ao projeto solo cabe a cada um conhecer, gostar ou não, e se caso sim, acompanhar essa nova fase desse peão apaixonado.

Se a idéia era realmente atingir novos públicos por esse Brasil afora, Fabio Elias acertou em cheio. Minha mãe adorou o disco e tenho certeza que muita gente que hoje não pensa nem em falar e ouvir Rock vai aceitar Fabio Elias de braços abertos.

Foi lançado também em paralelo ao disco o primeiro clipe de uma das músicas do disco. A música Parei fala um pouco sobre essa mudança pela qual Fabio Elias tem vivido.


Isso sim é uma atitude Rock and Roll. Fazer o que se tem vontade, sem ligar para que os outros vão falar ou pensar.

Um comentário deixado no myspace de Fabio Elias resume muito bem essa nova fase:

“Fabio & Lias uma dupla de um homem só partindo corações com seus novos rumos da música popular brasileira.”